Lançamento Abreu Garcia: Santa Clara Cabernet Sauvignon/Merlot 2011

Idas e Vinhas

No
final de 2015 a Abreu Garcia lançou uma
nova linha: a Santa Clara. São
vinhos que já chegam ao mercado prontos para serem degustados. Bem feitos,
frescos e equilibrados, até agora são dois rótulos: Sauvignon Blanc e um blend de Cabernet
Sauvignon
e Merlot.

Merlot, Malbec, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon, Sauvignon
Blanc e Chardonnay são as principais castas plantadas pela Abreu Garcia em sua propriedade em Campo Belo do Sul, no Planalto Catarinense.
O terroir e a altitude (os vinhedos ficam a 950m acima
do nível do mar) favorecem a produção de espumantes e a de vinhos tranquilos
equilibrados, com teores de álcool bem moderados (média 12,5%) e acidez
marcante. Já escrevemos mais detalhadamente sobre o produtor AQUI
e ao final do texto vocês podem acessar os links
para os demais vinhos que provamos.
Neste post apresentamos o Cabernet Sauvignon/Merlot 2011. Para a elaboração do vinho, a
seleção dos cachos começa já no vinhedo, e os lotes de Cabernet Sauvignon e a
Merlot são vinificadas separadamente.
Vamos ao vinho?
Santa
Clara Cabernet Sauvignon/Merlot 2011
60% Cabernet Sauvignon e 40% Merlot. 12,58 % de álcool.
Colheita manual. Estagia 12 meses em barricas de carvalho francês de 2º e 3º
usos.
Cor vermelho granada. No nariz, boa variedade de
aromas, tanto frescos como de evolução, o que confere certa complexidade muito
interessante a esse blend.
Destacam-se os aromas florais (violetas), de frutos do bosque (cassis), pimenta
do reino, café e notas defumadas. Em boca, os aromas mais marcantes são de
licor de cassis e defumado. Taninos marcantes de muito boa qualidade, em
equilíbrio com o álcool e a acidez. Final persistente e de média intensidade,
com fundo mentolado e de especiarias. Pronto para beber. Excelente
custo/benefício!
Nota
IV: 87.
Muito bom, com características especiais.
Pedidos
no Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

O Santa Clara Cabernet
Sauvignon/Merlot 2011
está em nosso Wine Club, com
condições especiais para os associados. Acesse aqui a campanha: Duo AG Santa Clara
Ainda
não é membro do Idas e Vinhas Wine Club? Inscreva-se AQUI. É gratuito!
Conheça
os demais vinhos Abreu Garcia que provamos:

Lançamento Abreu Garcia: Santa Clara Sauvignon Blanc 2014

Idas e Vinhas

Merlot, Malbec, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon,
Sauvignon Blanc e Chardonnay são as principais castas plantadas pela Abreu Garcia em sua propriedade em
Campo Belo do Sul, no Planalto
Catarinense
.

O terroir e a altitude (os vinhedos ficam a 950 m
acima do nível do mar) favorecem a produção de espumantes e a de vinhos
tranquilos equilibrados, com teores de álcool bem moderados (média 12,5%) e
acidez marcante. Já escrevemos mais detalhadamente sobre o produtor AQUI
e ao final desse post vocês podem acessar os links para os demais vinhos que
provamos.
Hoje falamos da nova linha que a Abreu Garcia lançou no final de 2015, a Santa Clara. São vinhos que já chegam ao mercado prontos para serem
degustados. Bem feitos, frescos e equilibrados, até agora são dois rótulos: Sauvignon Blanc e um blend de Cabernet Sauvignon e Merlot.
Neste post apresentamos o Sauvignon Blanc 2014. Usualmente, os Sauvignon Blanc que estamos
mais acostumados (os chilenos) podem apresentar notas muito marcantes de
maracujá e abacaxi. Não é isso que ocorre com o Santa Clara. É um vinho mais
refrescante, com outra gama aromática, e do qual foram produzidas apenas 7800
garrafas (numeradas).
Vamos ao vinho?
Santa
Clara Sauvignon Blanc 2014
100% Sauvignon Blanc. 12% de álcool. Colheita manual.
Permanece 14 meses em contato com as borras.
Cor amarelo palha. No nariz, os aromas são finos e
refrescantes. Os florais e cítricos aparecem primeiro: flor de laranjeira, lima
da pérsia e grapefruit (toranja). O abacaxi fresco e maduro aparece com muita
delicadeza, e o tomilho torna o vinho ainda mais interessante. Em boca, os
aromas que se destacam são os florais e cítricos. De corpo leve, boa acidez,
álcool bem integrado. Equilibrado e elegante, o final bem intenso e de boa
persistência é refrescante, com fundo floral. Para ser bebido jovem. Excelente
custo/benefício!
Nota
IV
: 86. Muito bom, com características especiais.
Pedidos
no Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

O
Santa Clara Sauvignon Blanc 2014 está em nosso Wine Club, com condições especiais
para os associados. Acesse aqui a campanha: Duo AG Santa Clara
Ainda
não é membro do Idas e Vinhas Wine Club? Inscreva-se AQUI. É gratuito!
Conheça
os demais vinhos Abreu Garcia que provamos:

Aconteceu… Idas e Vinhas na Bardot – Vinhos e Artes – vinícola Emiliana

Idas e Vinhas

No último sábado, 02 de Abril de 2016, voltamos
à Bardot – Vinhos e Artes
para conduzir uma degustação muito legal! Nosso amigo Abel Mendes (Casa Flora)
sabe escolher bem não só os temas mas também a sequência dos vinhos, o que
torna seus convites sempre irrecusáveis.

Idas e Vinhas
Da esquerda para a direita: Alexandre, Ana Cristina e Abel
A degustação foi especial por dois motivos:
tratam-se de vinhos orgânicos e biodinâmicos* e que são
produzidos pela excelente vinícola Emiliana,
sediada no Valle de Casablanca, Chile.
Uma das etapas da nossa Maratona enológica pelo Chile em 2012 foi justamente a Emiliana. Ficamos muito
impressionados com toda a estrutura da vinícola e o cuidado com que nos
receberam. Foram quase 4 horas de visita, onde pudemos aprender mais ainda
sobre as práticas agrícolas biodinâmicas. Tais práticas (que conferimos também
na Matetic
e na Antiyal)
fazem parte de uma filosofia maior – a Antroposofia – cujo patriarca foi
o austríaco Rudolf Steiner (1861 – 1925).
De acordo com Steiner, o homem deve desenvolver
seu espírito, afastando-se do excesso de materialismo tornando-se uno com a
Natureza. Daí o emprego de técnicas agrícolas que fortaleçam uma “relação
espiritual–ética com o solo, com as plantas e os animais e com os coirmãos
humanos.” Saiba mais sobre a Agricultura Biodinâmica aqui.
Além do enfoque de serem vinhos naturais, a
Emiliana produz vinhos de excelente qualidade.
Em tarde de casa cheia e animada, apresentamos
6 rótulos das linhas reserva e Gran Reserva Adobe e Novas,
respectivamente.
Idas e Vinhas

Adobe Reserva Chardonnay 2014 – Valle de
Casablanca
Adobe Reserva Pinot Noir 2014 – Valle de
Colchagua
Adobe Reserva Carmenére 2014 – Valle de
Colchagua
Adobe Reserva Merlot 2014 – Valle de Rapel
Novas Gran Reserva Pinot Noir 2014 – Valle de
Casablanca
Novas Gran Reserva Cabernet/Merlot 2013 – Valle
do Maipo
Idas e Vinhas
Foi um empolgante passeio rico em castas e
também regiões chilenas. A Emiliana tem mais de 700 hectares de vinhedos
espalhados pelo Chile, com o cuidado de plantar as uvas que produzem melhores
resultados em cada Vale.
Escolher o melhor vinho foi tarefa difícil!
Toda a seleção foi muito apreciada. Quanto aos destaques, todos concordaram que
o Chardonnay (com 5% do lote passando em madeira) é de altíssima
qualidade. Passando-se aos tintos, o Adobe Reserva Merlot e o Novas
Gran Reserva Cabernet/Merlot
foram aclamados.
Agradecemos a todos os presentes que entraram
no clima da tarde leve e descontraída, e novamente ao Abel e à sempre gentil
equipe da Bardot
pela oportunidade. Que venham as próximas!
Idas e Vinhas

*Leia aqui
sobre uma degustação sobre vinhos orgânicos e biodinâmicos que conduzimos, e
onde apresentamos um dos vinhos ícones da Emiliana, o Coyam.

Os vinhos apresentados você encontra na Bardot Vinhos e Artes.

Idas e Vinhas® Wine Club / Semana 21 a 28 de Fevereiro – Duo William Fèvre

Acabamos de lançar a campanha da semana 21 a 18 de Fevereiro do Idas e Vinhas® Wine Club! Nossa seleção é um Duo da linha Espino, de William Fèvre.


Já escrevemos sobre o produtor aqui.

Os vinhos escolhidos são equilibrados e elegantes. O Chardonnay Gran Cuvée recebeu 93 pontos do guia Descorchados, e o Pinot Noir é delicado e aromático. 
Acesse AQUI o link da campanha para adquirir os seus exemplares. Tem desconto de 10% para quem levar os dois!!
Leia mais sobre os vinhos:
E ainda dá tempo de garantir os vinhos da campanha do mês – Joias do PiemonteAQUI.
Os vinhos são:
Idas e Vinhas
Ainda não é membro do Wine Club? Inscreva-se gratuitamente AQUI.
Sendo membro do Wine Club, além de ter acesso a ofertas exclusivas, recebe descontos em nossas degustações e eventos.

Provamos e aprovamos… William Fèvre Espino Pinot Noir 2013

Idas e Vinhas

As videiras que produzem as uvas Pinot Noir
para o Espino estão localizadas em uma aldeia em San Juan de Pirque, na
região mais alta do Alto Maipo. Os vinhedos ficam em terraços a
aproximadamente mil metros acima do nível do mar.

A linha Espino, assim chamada em
referência às urtigas e espinhos presentes ao redor e entre as videiras, busca
preservar no vinho o caráter frutado mesmo que passe em barris de carvalho. Aliás,
essa é uma característica que chama a atenção nos vinhos de Fèvre: a madeira é empregada
com sutileza e habilidade.
O Espino Pinot Noir é um vinho elegante
e delicado. Segundo o produtor, é um vinho “feito à mão”. As uvas são maceradas
e fermentadas em tanques abertos de 8000 litros, e pequena parcela do vinho
estagia em carvalho francês por 4 meses.
Conheça mais sobre o produtor aqui.
Vamos ao vinho?
Espino Pinot Noir 2013
100% Pinot Noir, parte do vinho foi amadurecido
em barricas francesas de 225 litros. 13,4% de álcool. Produção de 15.894
garrafas.
Cor vermelho granada de média intensidade. No
nariz apresentou aromas intensos e persistentes de flores (rosas), frutas
vermelhas maduras como morango, cereja e framboesa e um frescor que lembra
menta. Em boca é equilibrado, com excelente acidez, taninos macios e álcool na
medida certa. As frutas vermelhas são confirmadas e a madeira aparece de forma
sutil agregando complexidade ao vinho. Final de boa intensidade e persistência
com retrogosto frutado, refrescante e levemente amadeirado.
Nota IV: 86
Pedidos RJ: contato@idasevinhas.com.br

Provamos e aprovamos… Abreu Garcia Brut Festividad 2015

Idas e Vinhas

Acaba de chegar ao mercado a safra 2015 do Abreu Garcia Espumante Brut Festividad. Produzido pelo método
tradicional (champenoise), é um espumante envolvente de boa estrutura, aromas
delicados e ótimo perlage.

Já escrevemos sobre a vinícola e seus vinhos aqui.
Leia sobre o espumante Brut Rosé 2015 aqui.

Leia sobre Rosé Malbec 2015 aqui.
Leia sobre o Chardonnay 2015 aqui.
Vamos ao vinho?
Abreu Garcia Brut
Festividad 2015
Corte composto por 75% Chardonnay e 25% Pinot Noir, 12 meses em autólise e elaborado pelo método Champenoise, 12,5% de teor alcoólico.
Cor amarelo palha. No exame visual o perlage chama a
atenção. Bastante ativo e persistente, forma um colar espesso, com bolhas pequenas
e uniformes. No nariz fica evidente o método champenoise pois o primeiro aroma
percebido é de casca de pão, muito agradável. Os demais aromas, delicados e de
intensidade e persistência médios, são de frutas cítricas (limão, lima), pera,
maçã verde e jasmim. Em boca, os aromas frutados e de pão assado se destacam, percebe-se
ótima qualidade do CO2 (cremosidade e agulhas) e equilíbrio entre maciez e
acidez. Bom corpo e finaliza muito bem.
Nota IV: 88
Pedidos RJ: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

Provamos e aprovamos… Safra 2015 do espumante Brut Rosé Abreu Garcia

Idas e Vinhas

Acaba de chegar ao mercado a safra 2015 do Abreu Garcia Espumante Rosé Brut. Hoje abrimos uma garrafa para fazer a avaliação e confirmamos a consistência que essa jovem vinícola vem exibindo desde que a conhecemos.

Já escrevemos sobre a vinícola e seus vinhos aqui.

Leia sobre o espumante Brut Festividad (Champenoise) 2015 aqui.
Leia sobre Rosé Malbec 2015 aqui.
Leia sobre o Chardonnay 2015 aqui.


Vamos ao vinho?
Abreu Garcia Espumante Brut Rosé
Corte composto por 47,81% Cabernet Sauvignon, 22,28% Merlot, 13,94% Sangiovese e 15,47% Pinot Noir, pelo método Charmat, 11,5% de teor alcoólico.

Essa nova safra mantém a identidade do produto, exibindo excelente frescor e aromas delicados e agradáveis. Cor pele de cebola. O perlage tem muito boa persistência, formando um colar uniforme. As bolhas formadas têm bom tamanho e aparecem em quantidade significativa. No nariz, delicados aromas florais (rosas) e frutados de morango, cereja e framboesa. Em boca, as frutas vermelhas são confirmadas, percebem-se cremosidade e boa qualidade de CO2 além de equilíbrio entre maciez e acidez. Bom corpo e final longo e refrescante.

Nota IV: 86
Pedidos RJ: contato@idasevinhas.com.br

Abreu Garcia Brut Rosé 2015


Aconteceu… Degustação Casa Flora – Borgonha x Bordeaux

Idas e Vinhas

A noite da última quarta-feira,
29 de Julho, na Casa Flora
foi dedicada a um desafio clássico em se tratando de degustações: Borgonha x
Bordeaux
. Uma das (muitas) coisas boas em se tratando de vinho é que nesses
desafios todos ganham.

 Idas e Vinhas
E quando falamos então de
Borgonha e Bordeaux, a gama de excelentes produtores é tão grande que as
possibilidades de interessantes comparações são vastíssimas.
Borgonha e Bordeaux, símbolos daquilo
que torna a França a maior personificação do modelo do que se consideraria a “perfeição
vínica”, encenam complexo embate porque os vinhos são distintos na essência.
De um lado a Borgonha com sublimes
varietais – brancos de Chardonnay e tintos de Pinot Noir (com
licença para a Gammay em algumas AOC) – que exibem equilíbrio, elegância
e frescor.
De outro, vem Bordeaux, cujo
famoso “corte bordalês” é a receita mais copiada ao longo das fronteiras
vitivinícolas mundo afora. Estrutura, complexidade e longevidade é o que trazem
a Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot (as castas
mais empregadas) a esses vinhos.
Idas e Vinhas

A seleção de vinhos feita por Abel Mendes contemplou alguns
dos melhores rótulos de cada região que fazem parte do portfólio da Casa
Flora
.
Ao longo da
degustação, antepastos e risoto de gorgonzola preparado com esmero pela chef Vilma.
Idas e Vinhas
Vamos à sequência?
1.    Clos Floridene Graves Blanc 2011
Bordeaux. 51% Semillon, 47% Sauvignon
Blanc, 2% Muscadelle. 12,5% de álcool.
Idas e Vinhas

2.   
Chauvot-Labaume Pouilly
Fuissé Les Clos 2012
Bourgogne. Chardonnay. 13% de
álcool.
Idas e Vinhas

3.   
Abel Pinchard Beaujolais
Villages Rouge 2011
Borgonha. Gamay. 12,5% de álcool.
Idas e Vinhas

4.   
Chauvot-Labaume Mercurey
Premier Cru Clos L´Eveque 2012
Borgonha.
Pinot Noir. 13% de álcool.
Idas e Vinhas

5.   
Domaine du Préau Côte de
Nuits Villages 2012
Borgonha.
Pinot Noir. 13% de álcool.
Idas e Vinhas

6.   
Domaine du Préau Gevrey
Chambertin 2011
Borgonha. Pinot Noir. 13% de álcool.
Idas e Vinhas

7.   
Chateau La Croix de Marbuzet
Saint-Estèphe 2011
Bordeaux.
60% Merlot, 40% Cabernet Sauvignon (vinhedos de 35 anos). 13% de álcool.
Idas e Vinhas

8.   
Chateau La Commanderie de
Mayzeres Pomerol 2006
Bordeaux. 55% Merlot, 45% Cabernet
Franc. 14% de álcool.
Idas e Vinhas

9.   
Chateau Marquis de Lalande
Saint-Julien 2009
Bordeaux. 53% Cabernet Sauvignon, 47%
Merlot. 13% de álcool.
Idas e Vinhas

10.
Confidences de Prieuré
Lichine Margaux 2008
Bordeaux. 50% Cabernet Sauvignon, 45%
Merlot, 5% Petit Verdot. 13% de álcool.
Idas e Vinhas
Como
prevíamos, empate técnico! Pois em essência Bordeaux e Borgonha podem até ser diferentes,
mas ambas produzem indiscutivelmente vinhos de primeira grandeza. Alegria em
estado líquido!