Terrazas de Los Andes

Idas e Vinhas
A vinícola Terrazas de Los Andes é marca das Bodegas
Chandon
, Argentina. Pertence à holding francesa
LVMH, especializada em artigos de luxo e a
qual surgiu com a fusão da Moët et
Chandon
e Hennessy e,
posteriormente a Louis Vuitton. Além
desse pedigree, a Terrazas é uma linha muito apreciada aqui no Brasil, o que
foi ótimo pretexto para provarmos uma série de seus rótulos. Confira!

 Idas e Vinhas
A Terrazas está localizada no distrito de Luján de Cuyo, em Mendoza, com vinhedos em Las Compuertas, Licán, Altamira e em Salta
(região ao Norte da Argentina e de onde vêm as uvas para o Reserva Torrontés). Os vinhos são elaborados
pela dupla de enólogos Adrián Meyer e Hervé Birnie-Scott.
Fundada em 1999, em uma área na qual já existiam vinhas
plantadas em 1929, seu nome tem como inspiração os ‘terraços’, uma série de
platôs aos pés dos Andes, em altitudes que vão de 600 a 1500 metros. Para
escolher as castas e serem cultivadas em cada terraço, são realizados estudos
de solo e clima para otimizar as condições para a maturação das uvas – malbec, cabernet
sauvignon, torrontés e chardonnay.
A vinícola produz além da linha Terrazas de Los Andes as linhas
Altos del Plata, Reserva, Single Vineyard e Cheval des Andes.
Mendoza / Luján de
Cuyo
Mendoza é considerada o coração do vinho argentino. E não é
sem razão: responde por 80% da produção de vinho do país e pela absoluta
maioria das exportações.
Localizada na região central de Mendoza, Luján de Cuyo engloba
as subregiões de Las Compuertas, Vistalba, Mayor Drummond, Chacras de Rora,
Carrodilla, Perdriel, Agrelo e Ugarteche). Aos pés da Cordilheira dos Andes e a
mais de 1000 metros acima do nível do mar, é, segundo especialistas, uma das
melhores regiões para o cultivo da Malbec.
Nesta altitude os vinhedos se beneficiam do amadurecimento longo e regular
devido as brisas da montanha e dos mais de 300 dias de sol durante o ano.
Idas e Vinhas

Salta, norte extremo
Em se tratando de altitude, porém, os vinhedos da região
que vai de Salta a Cafayate estão
literalmente em outro patamar! A apenas um passo do céu, não é difícil
encontrar vinhedos a incríveis 3000 metros acima do nível do mar.
E o que isso traz aos vinhos? Concentração extrema de
aromas, cores e sabores que nos encantaram na viagem que fizemos pela região no
final de 2015.
Tudo em Salta remete ao extremo: possui uma das mais altas
exposições ao Sol da América do Sul, noites frias e chuvas que são raridade. Essas
condições tornaram o Torrontés o vinho de expressão da região. Mas a
criatividade da nova geração de vinicultores vai muito além dos brancos. Blends
tintos, varietais de Tannat, tudo isso envolto por paisagens deslumbrantes.
Vamos aos vinhos?
Vinhedos localizados em Salta, a 1200 metros acima do nível
do mar. 13,5% de álcool.
Cor verdeal. Com aromas bastante finos, intensos e
persistentes de rosas, limão, manga não muito madura, capim limão e notas
minerais. De corpo leve, acidez fresca e álcool equilibrado. Retrogosto com
notas florais e frutas cítricas de polpa branca.
Entrou para a lista do “Em busca do torrontés perfeito”!
Nota IV: 87
Importadora: Moët Hennessy do Brasil Vinhos e Destilados
Idas e Vinhas

Vinhedos localizados a 1200 metros acima do nível do mar. 8
meses em carvalho francês.14% de álcool.
Cor amarelo ouro de média intensidade. Com aromas bastante
finos, muito intensos e persistentes de flor de laranjeira, compota de abacaxi,
alecrim, baunilha, coco queimado, madeira e alguma mineralidade. Médio corpo em
boca, acidez fresca e álcool em perfeito equilíbrio. Final de boca muito
intenso e persistente com fundo amadeirado e levemente tostado.
Este Chardonnay mostra o uso correto da madeira, agregando
complexidade sem tornar o vinho pesado ou enjoativo.
Nota IV: 90
Importadora: Moët Hennessy do Brasil Vinhos e Destilados
Idas e Vinhas

Vinhedos localizados a 1067 metros acima do nível do mar.
12 meses em carvalho francês (80%) e americano (20%). 14,5% de álcool.
Cor vermelho rubi profundo. Com ampla variedade de aromas
bastante finos, muito intensos e persistentes. Destaque para violeta, ameixa, cassis
e morango, além de funcho, hortelã, tabaco, baunilha e pimenta do reino. Encorpado,
com perfeito equilíbrio entre acidez, taninos e álcool. Ainda em boca, os
taninos são aveludados e de boa qualidade. As frutas negras e o frescor da
hortelã se destacam e o final é muito intenso e persistente, com fundo condimentado
(pimenta do reino) e refrescante.
Nota IV: 89
91 pontos no Descorchados 2014
Importadora: Moët Hennessy do Brasil Vinhos e Destilados
Idas e Vinhas

Reserva Syrah 2011
Vinhedos localizados a 950 metros acima do nível do mar. 12
meses em carvalho francês (80%) e americano (20%), sendo 30% novos. 14% de
álcool.
Cor vermelho rubi muito escuro. Com aromas bastante finos,
intensos e persistentes de ameixa, cassis, baunilha, pimenta do reino, café,
chocolate e madeira. Em boca é encorpado e com bom equilíbrio entre acidez,
taninos e álcool. Final de boca muito intenso e persistente, com fundo frutado
e caramelado.
Nota IV: 89
Importadora: Moët Hennessy do Brasil Vinhos e Destilados
Idas e Vinhas

Vinhedos localizados a 980 metros acima do nível do mar. 12
meses em carvalho francês. 14% de álcool.
Cor vermelho rubi. Com aromas bastante finos,
intensos e persistentes de ameixa seca, tabaco, baunilha, café, chocolate e madeira. De médio corpo para encorpado, com boa acidez,
taninos finos e a sensação de que o álcool está sobressaindo (prejudicando o equilíbrio). De final longo com retrogosto frutado e apimentado.
Nota IV: 88
WS: 86
Importadora: Moët Hennessy do Brasil Vinhos e Destilados
Idas e Vinhas

Aconteceu… ‘Como em Casa’ com Idas e Vinhas® – 19 de abril, Noite da Malbec

Idas e Vinhas

A Wines of Argentina é a organização voltada à promoção do vinho argentino
no exterior, que desde 1993 vem auxiliando os produtores nacionais em suas
estratégias de marketing e exportação. Uma das principais ações é o Malbec World Day, celebrado em 17 de abril, que envolve vários eventos de
divulgação da casta tinta que elevou a Argentina a um patamar de destaque no
mercado vinícola mundial.

Inspirados na data e considerando
o quanto os vinhos argentinos feitos com Malbec agradam ao mercado brasileiro, conduzimos
no último dia 19 de abril uma degustação muito bacana em parceria com o ‘Como em Casa’.
Idas e Vinhas

A procura foi tanta que em menos de 72 horas após a
abertura das inscrições todos as vagas foram ocupadas e decidimos lançar mais
um evento, que ocorrerá no próximo dia 05 de maio de 2017. Quer participar? Acesse a campanha AQUI.
A noite foi muito divertida e os vinhos agradaram
bastante. Antes da série de tintos argentinos, iniciamos com um rosé de Malbec
feito pela vinícola catarinense Abreu
Garcia
.
Idas e Vinhas

Em seguida, dois rótulos Susana Balbo
(Crios e BenMarco) e o Cabal Gran Reserva, da San Carlos Sud,
para encerrar a noite.
Para acompanhar os vinhos, antepastos e as ótimas
empanadas no autêntico estilo argentino da Don
Santiago
.
Idas e Vinhas

Os vinhos
– Abreu Garcia Rosé Malbec 2015 (SC, Brasil)
– Susana Balbo – Crios Malbec 2015 (Mendoza,
Argentina)
– Susana Balbo – BenMarco 2013 (Mendoza, Argentina)
– Cabal Gran Reserva 2012 (Mendoza, Argentina)
Idas e Vinhas
O top da noite
Como sempre, pedimos que os participantes elegessem o
melhor vinho da noite. O eleito foi o Cabal
Gran Reserva.
Idas e Vinhas

Obrigado a todos, e até o próximo ‘Como em Casa’ com
Idas e Vinhas®!
Quer fazer um evento personalizado e exclusivo, está
em busca de excelentes vinhos? Fale
conosco! contato@idasevinhas.com.br

Aconteceu… Idas e Vinhas e Abreu Garcia na Bardot – Vinhos e Artes

Idas e Vinhas

Na tarde de sábado, 16 de Julho de Abril de 2016, passamos ótimos momentos na Bardot – Vinhos e Artes. Apresentamos aos amigos clientes da delicatessen os vinhos da vinícola catarinense Abreu Garcia, que representamos com exclusividade aqui no Rio de Janeiro.

Idas e Vinhas

A Abreu Garcia é uma vinícola jovem que vem firmando sua marca no cenário nacional de vinhos. Os vinhedos no planalto catarinense estão a mais de 900 metros de altitude. Essa nova fronteira vinícola produz vinhos frescos, elegantes e muito equilibrados.

Idas e Vinhas
Alexandre, Abel (Bardot – Vinhos e Artes) e Ana Cristina

Foram degustados rótulos das linhas Santa Clara e Abreu Garcia e pudemos trocar muitas experiências com a plateia participativa e entusiasmada em descobrir mais sobre a personalidade dos vinhos catarinenses. Em virtude de um proveitoso estágio na Abreu Garcia, o Alexandre pôde explicar detalhes da vinificação dos vinhos e a forma cuidadosa com que as vinhas são manejadas.

Idas e Vinhas

Os vinhos:
Abreu Garcia Espumante Brut Rosé
Santa Clara Sauvignon Blanc 2014
Abreu Garcia Chardonnay carvalho 2014
Abreu Garcia Rosé Malbec 2015
Santa Clara Cabernet Sauvignon/Merlot 2011
Abreu Garcia Cabernet Sauvignon/Merlot 2011

Foi um sucesso. O Chardonnay com passagem de 18 meses em barricas de carvalho novas foi um dos destaques. O deliciosamente frutado Malbec Rosé e o equilibrado e marcante blend Cabernet Sauvignon/Merlot completaram o top 3.

Idas e Vinhas

Nosso muito obrigado a todos os presentes nessa tarde leve e descontraída, e ao Abel e à sempre gentil equipe da Bardot pelo apoio. Saúde!! Cheers!! Santé!!

Leia aqui sobre a nossa tarde na Bardot em Abril, cujo tema foram os vinhos biodinâmicos da vinícola chilena Emiliana.

Saiba mais sobre os vinhos da Abreu Garcia.
Espumante Abreu Garcia Brut Rosé 2015 aqui.

Espumante Abreu Garcia Brut Festividad (Champenoise) 2015 aqui.
Santa Clara Sauvignon Blanc 2014 aqui.
Abreu Garcia Chardonnay 2015 aqui.
Abreu Garcia Chardonnay Carvalho 2014 aqui.
Abreu Garcia Rosé Malbec 2015 aqui.
Santa Clara Cabernet Sauvignon Merlot 2011 aqui.
Abreu Garcia Cabernet Sauvignon Merlot 2011 aqui.

Lançamento Abreu Garcia: Santa Clara Cabernet Sauvignon/Merlot 2011

Idas e Vinhas

No
final de 2015 a Abreu Garcia lançou uma
nova linha: a Santa Clara. São
vinhos que já chegam ao mercado prontos para serem degustados. Bem feitos,
frescos e equilibrados, até agora são dois rótulos: Sauvignon Blanc e um blend de Cabernet
Sauvignon
e Merlot.

Merlot, Malbec, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon, Sauvignon
Blanc e Chardonnay são as principais castas plantadas pela Abreu Garcia em sua propriedade em Campo Belo do Sul, no Planalto Catarinense.
O terroir e a altitude (os vinhedos ficam a 950m acima
do nível do mar) favorecem a produção de espumantes e a de vinhos tranquilos
equilibrados, com teores de álcool bem moderados (média 12,5%) e acidez
marcante. Já escrevemos mais detalhadamente sobre o produtor AQUI
e ao final do texto vocês podem acessar os links
para os demais vinhos que provamos.
Neste post apresentamos o Cabernet Sauvignon/Merlot 2011. Para a elaboração do vinho, a
seleção dos cachos começa já no vinhedo, e os lotes de Cabernet Sauvignon e a
Merlot são vinificadas separadamente.
Vamos ao vinho?
Santa
Clara Cabernet Sauvignon/Merlot 2011
60% Cabernet Sauvignon e 40% Merlot. 12,58 % de álcool.
Colheita manual. Estagia 12 meses em barricas de carvalho francês de 2º e 3º
usos.
Cor vermelho granada. No nariz, boa variedade de
aromas, tanto frescos como de evolução, o que confere certa complexidade muito
interessante a esse blend.
Destacam-se os aromas florais (violetas), de frutos do bosque (cassis), pimenta
do reino, café e notas defumadas. Em boca, os aromas mais marcantes são de
licor de cassis e defumado. Taninos marcantes de muito boa qualidade, em
equilíbrio com o álcool e a acidez. Final persistente e de média intensidade,
com fundo mentolado e de especiarias. Pronto para beber. Excelente
custo/benefício!
Nota
IV: 87.
Muito bom, com características especiais.
Pedidos
no Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

O Santa Clara Cabernet
Sauvignon/Merlot 2011
está em nosso Wine Club, com
condições especiais para os associados. Acesse aqui a campanha: Duo AG Santa Clara
Ainda
não é membro do Idas e Vinhas Wine Club? Inscreva-se AQUI. É gratuito!
Conheça
os demais vinhos Abreu Garcia que provamos:

Lançamento Abreu Garcia: Santa Clara Sauvignon Blanc 2014

Idas e Vinhas

Merlot, Malbec, Pinot Noir, Cabernet Sauvignon,
Sauvignon Blanc e Chardonnay são as principais castas plantadas pela Abreu Garcia em sua propriedade em
Campo Belo do Sul, no Planalto
Catarinense
.

O terroir e a altitude (os vinhedos ficam a 950 m
acima do nível do mar) favorecem a produção de espumantes e a de vinhos
tranquilos equilibrados, com teores de álcool bem moderados (média 12,5%) e
acidez marcante. Já escrevemos mais detalhadamente sobre o produtor AQUI
e ao final desse post vocês podem acessar os links para os demais vinhos que
provamos.
Hoje falamos da nova linha que a Abreu Garcia lançou no final de 2015, a Santa Clara. São vinhos que já chegam ao mercado prontos para serem
degustados. Bem feitos, frescos e equilibrados, até agora são dois rótulos: Sauvignon Blanc e um blend de Cabernet Sauvignon e Merlot.
Neste post apresentamos o Sauvignon Blanc 2014. Usualmente, os Sauvignon Blanc que estamos
mais acostumados (os chilenos) podem apresentar notas muito marcantes de
maracujá e abacaxi. Não é isso que ocorre com o Santa Clara. É um vinho mais
refrescante, com outra gama aromática, e do qual foram produzidas apenas 7800
garrafas (numeradas).
Vamos ao vinho?
Santa
Clara Sauvignon Blanc 2014
100% Sauvignon Blanc. 12% de álcool. Colheita manual.
Permanece 14 meses em contato com as borras.
Cor amarelo palha. No nariz, os aromas são finos e
refrescantes. Os florais e cítricos aparecem primeiro: flor de laranjeira, lima
da pérsia e grapefruit (toranja). O abacaxi fresco e maduro aparece com muita
delicadeza, e o tomilho torna o vinho ainda mais interessante. Em boca, os
aromas que se destacam são os florais e cítricos. De corpo leve, boa acidez,
álcool bem integrado. Equilibrado e elegante, o final bem intenso e de boa
persistência é refrescante, com fundo floral. Para ser bebido jovem. Excelente
custo/benefício!
Nota
IV
: 86. Muito bom, com características especiais.
Pedidos
no Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

O
Santa Clara Sauvignon Blanc 2014 está em nosso Wine Club, com condições especiais
para os associados. Acesse aqui a campanha: Duo AG Santa Clara
Ainda
não é membro do Idas e Vinhas Wine Club? Inscreva-se AQUI. É gratuito!
Conheça
os demais vinhos Abreu Garcia que provamos:

Provamos e aprovamos… Anhelo Rosé 2015

Idas e Vinhas

Ainda na onda do Malbec World Day
(iniciativa da Wines of Argentina), celebrado no último dia 17,
escolhemos um ótimo exemplar de Malbec, mas que não é argentino
...

E indo mais longe, um Malbec rosé. É o Anhelo Rosé da chilena Viñedos Calcu, que estamos lançando hoje, 19 de Abril, no nosso Wine Club. Quem traz para o Brasil é a Dominio Cassis, que representamos aqui no Rio de Janeiro com exclusividade.
Mas o que ele tem de tão especial? Para começar, trata-se de uma ótima escolha
para esse clima escaldante.
Um Malbec que não seja rosé é normalmente encorpado,
com intensos aromas frutados, com grande volume de boca, suculento.
Tanto que a harmonização perfeita é churrasco argentino! Mas como o nosso verão
ainda não resolveu ir embora, muitos enófilos buscam outras bebidas mais
refrescantes. E é essa alternativa que trazemos com o Anhelo Rosé. Um
rosé 100% Malbec, com toda a riqueza aromática mas com mais leveza e
refrescância. Ou seja, perfeito para o calor!
A Viñedos Calcu teve a primeira colheita
em 2005 e lançou os primeiros vinhos em 2007. O enólogo Rodrigo Romero
busca vinhos com muito frescor e intensos em aromas de frutas vermelhas. A
crítica especializada diz que os vinhos da Calcu são dos mais originais do
Chile hoje, justamente por esse caráter de acidez e frescor. Os vinhos da Calcu
foram muito bem avaliados no Descorchados desse ano, indo de 90 a 96
pontos (ícone Futa).

A Cacul tem seus vinhedos no Vale do
Colchagua
, o vale mais badalado do Chile não só pelos vinhos (VIK, Montes,
Casa Silva, La Postolle…) mas pelas pousadas e restaurantes sofisticados.
Para chegar ao Colchagua segue-se para o Sul a partir de Santiago, atravessando
o vale do Maipo e do Cachapoal, somando cerca de 150 a 180 km.

Idas e Vinhas
Vamos ao vinho?
Anhelo
Rosé 2015
100%
Malbec. Vale do Colchagua, Chile. 12% de álcool. O vinho permanece em tanques
de aço inoxidável com suas borras finas durante 8 semanas.
Cor
muito bonita, entre casca de cebola e pêssego. No nariz, a variedade de aromas
surpreende. As primeiras sensações, mais intensas, remetem a rosas e lírios.
Aos poucos o vinho se abre e revela aromas marcantes de frutas frescas como
grapefruit, maracujá, pêssego, ameixa amarela, melão e morango, finalizando com
notas de capim limão. Poucas vezes provamos um rosé com tal riqueza aromática.
Em boca também é muito agradável, com corpo leve, boa acidez e álcool em
equilíbrio. Os aromas de boca são de boa intensidade e persistência,
destacando-se morangos e rosas. Termina bem e deixa a boca fresca, com morangos
ao fundo. Pronto para beber agora!
Nota IV: 86. Muito bom, vinho com qualidades especiais.
Compras no RJ: contato@idasevinhas.com.br

Idas e Vinhas

Aproveite pois o Anhelo
Rosé 2015
está
em nosso Wine Club
dessa semana e restam poucas unidades.
Ainda
não é membro do Idas e Vinhas Wine Club? Clique aqui e se inscreva. É grátis.
Nosso
Wine Club não tem taxa de adesão, nem assinatura, nem pedido mínimo. Como vantagens
está o fato de serem informados sobre vinhos interessantes, além de descontos
em nossas degustações.

Veja
o vídeo do nosso canal no Youtube:

Idas e Vinhas celebra o World Malbec Day – Ambrosía Viña Unica Malbec 2012

Idas e Vinhas

Hoje, 17 de Abril, é
celebrado o Malbec WorldDay (iniciativa da Wines of Argentina). São realizadas uma série de ações pelo
mundo, e na edição 2016 estão programados 70 eventos, em 70 cidades de 54
países. 


Idas e Vinhas

Claro que o Idas e
Vinhas não poderia ficar de fora e por isso fizemos nossa própria homenagem à
Malbec! Trazemos no Wine Club que lançamos hoje, 17 de abril, o excelente Ambrosía ViñaÚnica Malbec 2012
A Malbec, originária do
sudoeste da França, especialmente Cahors, adaptou-se esplendidamente na
Argentina, para onde foi trazida em 1868 pelo engenheiro agrônomo Michel Pouget
(e o resto é história…). O Malbec argentino é normalmente muito intenso em aromas
de frutas negras e vermelhas, florais, é muito estruturado e os vinhos de alta
gama possuem bom potencial de guarda. Os taninos são presentes, mas a Malbec
não é das mais tânicas, ficando atrás da Cabernet Sauvignon e Tannat, por
exemplo. Normalmente são taninos redondos e adocicados.
Quem traz para o Brasil
é a importadora Dominio Cassis, que representamos aqui no Rio de Janeiro com
exclusividade.
Mas o que ele tem de
tão especial?
É um vinho de boutique,
pois a Ambrosía tem apenas 53 hectares (sendo 29 de Malbec) e produz no máximo
30 mil garrafas/ano (apenas 4 vinhos). Desse Malbec, apenas 14799! Além disso,
recebeu nada menos que 92 pontos no Guia Descorchados 2016.
A vinícola, fundada em
2002, é uma sociedade de 11 amigos. O enólogo é Julián Gómez, que também é
sócio gerente. Quem também faz parte do time é Pedro Parra, considerado o maior
especialista em solos e estudo de terroir de atualidade (inclusive temos o seu
projeto pessoal, Pencopolitano, em nosso portfólio fixo).
A Ambrosía está
instalada em Tupungato, no Coração do Valle do Uco, 80 km ao Sul de Mendoza. É
a região que está se desenvolvendo mais na Argentina por conta de investimentos
internacionais. Estão aí as vinícolas mais imponentes e modernas (Andeluna,
Salentein, O. Fournier…). O terroir (vinhedos de altitude, grande amplitude
térmica) favorece vinhos com cor e taninos acentuados, e melhor equilíbrio
entre açúcares e acidez.
Vamos ao vinho?
Ambrosía Viña Única
Malbec 2012
I.P Mendoza. Tupungato,
em Mendoza, Valle do Uco Norte. 95% Malbec e 5% de Cabernet Franc. 14,8% de
álcool.
Vinhedos a 1250 metros
de altitude. Passa 18 meses em barricas novas e usadas de carvalho francês.
Mais 12 meses em garrafa antes de ser liberado ao mercado.
Rubi
profundo muito brilhante. No nariz, os aromas são intensos e persistentes,
destacando-se os florais (violetas e rosas), frutados (ameixas maduras, cassis,
cerejas) e de pimenta do reino. A madeira aparece de forma sutil, bem
integrada. Em boca é um vinho potente e altamente equilibrado. Encorpado, com acidez
marcante em ótimo contraponto aos taninos redondos e agradáveis. Final muito
intenso e persistente, com fundo frutado e de canela. Pronto para beber!

Descorchados 2016: 92
Nota IV: 90. Um vinho superior em caráter e estilo.
Compras no RJ: contato@idasevinhas.com.br

Idas e Vinhas

Aproveite pois o Ambrosía Viña Unica Malbec 2012 está em nosso Wine Club dessa semana e restam poucas unidades.

Ainda não é membro do Idas e Vinhas Wine Club? Clique aqui e se inscreva. É grátis.

Nosso Wine Club não tem
taxa de adesão, nem assinatura, nem pedido mínimo. Como vantagens está o fato
de serem informados sobre vinhos interessantes, além de descontos em nossas
degustações.

Conheça o Ambrosía Viña Única Cabernet Sauvignon 2011 aqui.

Veja o vídeo do nosso
canal no Youtube:

   

Provamos e aprovamos… Lançamento Abreu Garcia Rosé Malbec 2015

Idas e Vinhas


O Rosé
Malbec é mais uma novidade da
Abreu Garcia. Nesses
últimos meses a vinícola colocou no mercado uma série de novos vinhos, cujas
impressões estamos postando aqui à medida que vamos degustando.

As novas
safras dos espumantes (Brut Rosé e Brut Festividad) mantêm a alta qualidade, indicando
que a jovem vinícola mostra consistência e controle do processo. Bastante
frescos e aromáticos, vêm fazendo bonito nas degustações.
Quanto
aos vinhos tranquilos, foram lançados a safra 2015 do Chardonnay sem madeira e também
novos projetos como o Chardonnay com passagem em barricas e o rosé Malbec
objeto dessa postagem. Corretos e bem feitos, demonstram que a Abreu Garcia tem
potencial para crescer e se consolidar nesse mercado tão competitivo.

escrevemos sobre a vinícola e seus vinhos aqui.
Leia
sobre o espumante Brut Rosé 2015 aqui.
Leia
sobre o espumante Brut Festividad (Champenoise) 2015 aqui.
Leia sobre o Chardonnay 2015 aqui.
Vamos ao
vinho?
Abreu Garcia Rosé Malbec 2015
100% Malbec,
11,4% de álcool.
Cor cereja
de média intensidade. Apresentou aromas de frutas vermelhas maduras (cereja,
framboesa e morango). De corpo leve para médio, acidez e álcool em equilíbrio, é
um vinho fácil de beber! Também consideramos que seja gastronômico, acompanhando
bem saladas e pratos leves de frutos do mar. Final de boca agradável, com notas
frutadas refrescantes, convidando a uma segunda taça.
Nota IV:
85
Pedidos
RJ: contato@idasevinhas.com.br

Idas e Vinhas

Provamos e aprovamos… Château Lafargue 2008 – Bordeaux, Pessac-Léognan

Idas e Vinhas
Situada ao norte de Graves, a AOC Pessac-Léognan,
em Bordeaux, engloba alguns dos melhores vinhedos do mundo. Produz
tintos aromáticos, estruturados e aveludados.

Idas e Vinhas
Clique para ampliar
O Château Lafargue pertence à mesma família há três gerações. Inicialmente possuía
apenas 2 hectares de vinhedos e o foco principal da família era o cultivo de
leguminosas. Em 1983 Jean Pierre Leymarie assumiu a propriedade
adquiriu novos vinhedos e investiu em infraestrutura. Hoje a propriedade conta
com 18,5 hectares sendo 16 para as tintas Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet
Franc e Petit Verdot e 2,5 de Sauvignon Blanc e Sauvignon Gris. A média de
idade dos vinhedos é entre 20 e 25 anos.

O portfólio da vinícola é composto por apenas 3
rótulos sendo dois tintos e um branco:
Château Lafargue Prestige (produção média de 7mil
garrafas)
Château Lafargue (produção média de 120 mil
garrafas)
Château Lafargue (branco: Sauvignon Blanc e
Sauvignon Gris, produção média de 14 mil garrafas)
Vamos ao vinho?
60% Merlot, 26% Cabernet Sauvignon, 12%
Cabernet Franc, 2% Malbec e Petit Verdot. Afinamento durante 12 a 15 meses em
carvalho. 13,5% de álcool.
Cor vermelho granada. Impressionante variedade
de aromas, intensos e persistentes. Ameixa seca, uva passa, groselha, mirtilo,
cassis, cereja, morango, tabaco, baunilha, louro, madeira e rosas. Médio corpo
em boca, com boa acidez, álcool e taninos equilibrados. Confirmam-se as frutas
secas, o tabaco e a baunilha. Final de boca muito intenso e persistente, com
fundo mentolado e levemente tostado.
Vale a pena provar!!
A safra de 2011 recebeu 88 pontos na revista
Decanter. O vinho deste post (safra 2008) é o vinho da semana do nosso Wine Club.
Nota IV: 86
Importadora: Everest 
Vendas no Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas