Provamos e aprovamos… William Fèvre Espino Pinot Noir 2013

Idas e Vinhas

As videiras que produzem as uvas Pinot Noir
para o Espino estão localizadas em uma aldeia em San Juan de Pirque, na
região mais alta do Alto Maipo. Os vinhedos ficam em terraços a
aproximadamente mil metros acima do nível do mar.

A linha Espino, assim chamada em
referência às urtigas e espinhos presentes ao redor e entre as videiras, busca
preservar no vinho o caráter frutado mesmo que passe em barris de carvalho. Aliás,
essa é uma característica que chama a atenção nos vinhos de Fèvre: a madeira é empregada
com sutileza e habilidade.
O Espino Pinot Noir é um vinho elegante
e delicado. Segundo o produtor, é um vinho “feito à mão”. As uvas são maceradas
e fermentadas em tanques abertos de 8000 litros, e pequena parcela do vinho
estagia em carvalho francês por 4 meses.
Conheça mais sobre o produtor aqui.
Vamos ao vinho?
Espino Pinot Noir 2013
100% Pinot Noir, parte do vinho foi amadurecido
em barricas francesas de 225 litros. 13,4% de álcool. Produção de 15.894
garrafas.
Cor vermelho granada de média intensidade. No
nariz apresentou aromas intensos e persistentes de flores (rosas), frutas
vermelhas maduras como morango, cereja e framboesa e um frescor que lembra
menta. Em boca é equilibrado, com excelente acidez, taninos macios e álcool na
medida certa. As frutas vermelhas são confirmadas e a madeira aparece de forma
sutil agregando complexidade ao vinho. Final de boa intensidade e persistência
com retrogosto frutado, refrescante e levemente amadeirado.
Nota IV: 86
Pedidos RJ: contato@idasevinhas.com.br

Provamos e aprovamos… William Fèvre Espino Gran Cuvée Chardonnay 2012

Idas e Vinhas



Descobrimos os vinhos produzidos no Chile por William Fèvre quando iniciamos os
contatos com Wilton Conde, da importadora Domínio Cassis. Já escrevemos
sobre os que provamos até agora (La Misión del Clarillo Cabernet Sauvignon e
Chardonnay, Litlle Quino Sauvignon Blanc e Quino Sauvignon Blanc
) e também já
os apresentamos em degustações. O que temos a dizer é que os vinhos são muito
bons! Muito bem feitos, têm elegância e equilíbrio. A madeira é utilizada com
parcimônia e inteligência, para preservar o frescor e a identidade das uvas e
do terroir.

Os Gran Cuvée da linha Espino produzidos
por William Fèvre no Chile são feitos a partir de um só vinhedo (single
vineyard). As uvas para esse estruturado Chardonnay são provenientes do vinhedo
Punta Almendro, na sub-região Alto Maipo, no sopé dos Andes e a
uma altitude de quase 1000 metros. O clone utilizado veio diretamente da
propriedade na Borgonha que tornou William Fèvre famoso por seus Chablis.
Vamos ao vinho?
Espino Gran Cuvée Chardonnay 2012
100% Chardonnay, 13,8% de álcool. Colheita
manual, 10% do mosto é fermentado em barricas de carvalho francês e o restante
em tanques de aço de 6000 litros. Após a fermentação, o vinho amadurece em
contato com as borras finas entre 5 e 6 meses. Então é filtrado e engarrafado.
Foram produzidas 19.905 garrafas.
De cor amarelo ouro com reflexos dourados. No
nariz, apresenta ampla gama de aromas intensos e persistentes, destacando-se os
florais (lírios), frutados (abacaxi em compota, pêssego e tangerina frescos),
mel, leve amadeirado e sutil mineralidade. Vinho harmônico em boca, com
excelente acidez e álcool integrado. Os aromas são confirmados e se revelam
muito intensos e persistentes. O final é longo, agradavelmente amadeirado, com
fundo de mel e abacaxi em compota. Reflete o cuidado com que é produzido!
Vale a pena provar!
Nota IV: 90
Descorchados 2015: 93
Pedidos RJ: contato@idasevinhas.com.br

Idas e Vinhas