Provamos e aprovamos… Masseria Tagaro Pignataro Nero di Troia 2014

Idas e Vinhas
Engana-se quem pensa que a uva Nero di Troia tem alguma relação com a cidade histórica de Tróia,
da Grécia antiga. A origem provável é a da Vila
de Troia
, que fica na província de Foggia,
na Puglia.

Os vinhos elaborados com
essa casta costumam ser tânicos e conseguem manter o seu frescor somente quando
jovens. Por isso é mais comum encontrá-la em cortes. No entanto, devido ao
constante aperfeiçoamento nas técnicas de condução das parreiras e também do
conhecimento e talento do enólogo na cantina, já é comum encontrar varietais de
alta qualidade.
Já escrevemos sobre a
vinícola e a região aqui.
Vamos ao vinho?
Nero di Troia 2014
100% Nero di Troia, 4 meses
em carvalho francês e 4 meses em garrafa antes de ser comercializado. 13% de
álcool.
Cor vermelho rubi. Com
aromas finos, intensos e persistentes de amora, cassis e baunilha. De médio corpo,
com bom equilíbrio entre acidez, álcool e taninos. Fácil de beber, mantém o
caráter frutado com final de boca persistente e retrogosto refrescante,
levemente mentolado.
Nota IV: 87
Importadora: Dominio Cassis
Vendas no RJ:
contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas
Veja o que achamos dos outros vinhos da Masseria Tagaro

Provamos e aprovamos… Masseria Tagaro Pignataro Primitivo di Manduria 2015

Idas e Vinhas

A Masseria
Tagaro
está localizada no coração da Puglia
(sudeste da Itália), no Valle de Itria (450 metros acima do nível do mar),
região cercada por plantações de oliveiras centenárias e vinícolas.

A
vinícola é familiar e está na terceira geração. Possui 40 hectares de vinhedos orgânicos
onde cultiva a branca Verdeca e as tintas Primitivo di Manduria, Nero d’Ávola,
Nero di Troia, Negroamaro, Susumaniello e Merlot.
A região
A Puglia
abrange uma área de 19.000 km². A capital, Bari, é banhada ao sul pelo Mar
Jônico e a oeste e norte pelo Mar Adriático. O clima mediterrâneo, os solos
calcários e a topografia praticamente plana favorecem o cultivo das parreiras e
a maturação das uvas.
Responde
por cerca de 17% de toda a produção de vinho da Itália. O sistema de
cooperativas prevalece e a maior parte da produção é comercializada a granel localmente
e no norte da Itália. Um percentual é exportado a França e o restante
engarrafado como Vino da Tavola.
As
principais castas cultivadas são: Bombino Nero, Montepulciano, Sangiovese,
Verdeca, Malvasia, Trebbiano, Bianco d’Alessano, Bombino Bianco, Negroamaro,
Primitivo e Uva di Troia.
Se a
maioria dos vinhos é mais simples, a Puglia também produz vinhos de prestígio,
classificados pelo sistema de denominações de origem.
Idas e Vinhas


As denominações
4 DOCG
Primitivo
di Manduria Dolce Naturale, Castel del Monte Bombino Nero, Castel del Monte
Nero di Troia Riserva e Castel del Monte Rosso Riserva
29 DOC
Aleatico
di Puglia, Alezio, Barletta, Brindisi, Cacc’e mmitte di Lucera, Castel del
Monte, Colline Joniche Tarantine, Copertino, Galatina, Gioia del Colle,
Gravina, Leverano, Lizzano, Locorotondo, Martina or Martina Franca, Matino,
Moscato di Trani, Nardò, Negroamaro di Terra d’Otranto, Orta Nova, Ostuni,
Primitivo di Manduria, Rosso Canosa or Canasium, Rosso di Cerignola, Salice
Salentino, San Severo, Squinzano, Tavoliere delle Puglie ou Tavoliere e Terre
d’Otranto
6 IGT
Daunia,
Murgia, Puglia, Salento, Tarantino e Valle d’Itria
Vamos ao vinho?
Pignataro Primitivo di Manduria 2015
100%
Primitivo di Manduria, 6 meses em carvalho francês e 4 meses em garrafa antes
de ser comercializado. 14,5% de álcool.
Cor
vermelho rubi. Com ampla gama de aromas bastante finos, intensos e persistentes
de geleia de frutas negras, rosas, figo seco, uva passa, cassis, baunilha,
canela, tabaco, hortelã e chocolate. Em boca é encorpado, com muito bom
equilíbrio entre acidez, álcool e taninos, que são de ótima qualidade. Confirmam-se
os sabores do cassis e do figo, e o leve tostado da madeira. De final muito
longo e persistente com retrogosto frutado e adocicado.
Depois de
um tempo na taça foi ficando cada vez melhor, liberando novos aromas e sabores.
Embora adocicado, não é enjoativo, e o álcool está na medida certa.
Nota IV:
89
Importadora:
Dominio Cassis
Vendas no
RJ: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

Veja o que achamos dos outros vinhos da Masseria Tagaro
Pignataro Nero di Troia 2014

Agenda… 24 de maio tem Como em Casa com Idas e Vinhas – La Bella Italia

Idas e Vinhas

Na próxima Wine Experience, dia 24 de maio, celebraremos a diversidade dos vinhos italianos. A Itália era chamada pelos gregos de Enotria (Terra do Vinho). E não é para menos: produz vinho em todas as 20 regiões administrativas, e em 2015 voltou a ser o maior produtor mundial de vinhos, batendo a antes campeã França. Os números impressionam! Foram produzidas em 2015 4,8 bilhões de garrafas, enquanto a França produziu 4,6 bilhões. (dados da edição eletrônica do Jornal Nacional, de 12/10/2015).

Para essa noite escolhemos vinhos de quatro regiões: Friuli – com os seus brancos vivos e aromáticos, Piemonte  região dos famosos e longevos Barolos, Toscana  onde reinam os tintos Sangiovese e os Supertoscanos, e Puglia – com seus tintos encorpados e perfumados.

O local dessa encantadora Wine Experience? Será no espaço exclusivo e acolhedor do ‘Como em Casa‘!!

Espaço Como em Casa
Para celebrar
Azienda Agricola Dissegna – Pinot Grigio 2015 (Friuli Venezia Giulia)
I Giusti & Zanza – Belcore 2009 (Toscana)
Masseria Tagaro – Pignataro Primitivo di Manduria DOC  2015 (Puglia)
Masseria Tagaro – Passo del Sud Apassimento 2015 (Puglia)
Mario Marengo – Dolcetto D’Alba DOC 2015 (Piemonte)

Para comer
– Antepastos
– Penne ao funghi
– Sobremesa
– Água, licor e café

Serviço
Data: 24 de maio de 2017, quarta-feira – (inscrições até 22 de maio ou até as vagas serem preenchidas, o que ocorrer primeiro).

Local
Rua Tonelero, 25, cobertura. Copacabana – RJ
A degustação começa pontualmente às 19h30.

Investimento
R$160,00 por pessoa
Membros do Idas e Vinhas Wine Club: R$150,00. Não é membro? Inscreva-se AQUI!

Abaixo está a arte da divulgação (clique para ampliar).

Idas e Vinhas

Aconteceu… ‘Como em Casa’ com Idas e Vinhas® – 19 de abril, Noite da Malbec

Idas e Vinhas

A Wines of Argentina é a organização voltada à promoção do vinho argentino
no exterior, que desde 1993 vem auxiliando os produtores nacionais em suas
estratégias de marketing e exportação. Uma das principais ações é o Malbec World Day, celebrado em 17 de abril, que envolve vários eventos de
divulgação da casta tinta que elevou a Argentina a um patamar de destaque no
mercado vinícola mundial.

Inspirados na data e considerando
o quanto os vinhos argentinos feitos com Malbec agradam ao mercado brasileiro, conduzimos
no último dia 19 de abril uma degustação muito bacana em parceria com o ‘Como em Casa’.
Idas e Vinhas

A procura foi tanta que em menos de 72 horas após a
abertura das inscrições todos as vagas foram ocupadas e decidimos lançar mais
um evento, que ocorrerá no próximo dia 05 de maio de 2017. Quer participar? Acesse a campanha AQUI.
A noite foi muito divertida e os vinhos agradaram
bastante. Antes da série de tintos argentinos, iniciamos com um rosé de Malbec
feito pela vinícola catarinense Abreu
Garcia
.
Idas e Vinhas

Em seguida, dois rótulos Susana Balbo
(Crios e BenMarco) e o Cabal Gran Reserva, da San Carlos Sud,
para encerrar a noite.
Para acompanhar os vinhos, antepastos e as ótimas
empanadas no autêntico estilo argentino da Don
Santiago
.
Idas e Vinhas

Os vinhos
– Abreu Garcia Rosé Malbec 2015 (SC, Brasil)
– Susana Balbo – Crios Malbec 2015 (Mendoza,
Argentina)
– Susana Balbo – BenMarco 2013 (Mendoza, Argentina)
– Cabal Gran Reserva 2012 (Mendoza, Argentina)
Idas e Vinhas
O top da noite
Como sempre, pedimos que os participantes elegessem o
melhor vinho da noite. O eleito foi o Cabal
Gran Reserva.
Idas e Vinhas

Obrigado a todos, e até o próximo ‘Como em Casa’ com
Idas e Vinhas®!
Quer fazer um evento personalizado e exclusivo, está
em busca de excelentes vinhos? Fale
conosco! contato@idasevinhas.com.br

Provamos e aprovamos… El Viejo Almacén de Sauzal – Huaso de Sauzal Garnacha 2012

Idas e Vinhas

Não que precisemos de muito estímulo para
alternar entre brancos tintos, mas a leve queda de temperatura no Rio de
Janeiro foi um bom pretexto para abrirmos o Huaso de Sauzal Garnacha 2012.

A El Viejo Almacén de
Sauzal
, é uma
vinícola com apenas 4 hectares de vinhedos localizados na zona de Sauzal na província de Cauquenes, Chile. Vinícola familiar, hoje sob o comando de Renán Cancino Abarza, produz em torno de 6.500
garrafas/ano a partir dos vinhedos plantados em 1950.
Mas a
Huaso é pequena apenas quando se trata de quantidade. Quanto à qualidade, a
diminuta vinícola cresce e aparece, sendo destaque em respeitadas publicações,
como o Guia Descorchados. Foram dois prêmios em 2016: um dos vinhos revelação e o melhor vinho chileno da casta país, alcançando
94 pontos. Em 2015
a El Viejo Almacén de Sauzal foi eleita vinícola revelação.

escrevemos sobre a região e o produtor aqui.
A casta
De origem
espanhola, da região de Aragón, a Garnacha
é também conhecida na França como Grenache,
na Sardenha (Itália) como Cannonau e
no Veneto (Itália) como Tocai Rosso.
Em climas
secos, os frutos são pequenos e de casca grossa, originando vinhos de coloração
densa, taninos bastante presentes e com bom potencial de guarda.
Vamos ao vinho?
Huaso de Sauzal Garnacha 2012
100% Garnacha,
13,8% de álcool. Sem adição de sulfitos.
Cor
vermelho rubi profundo. Com aromas bastante finos, intensos e persistentes de
cassis, framboesa, groselha e morango, além de funcho, hortelã, e tabaco. De
médio corpo e perfeito equilíbrio entre acidez, taninos e álcool. Em boca os taninos
são marcantes, de boa qualidade. As fruitas vermelhas e o frecor da hortelã se
destacam e o final é muito intenso e persistente, com fundo frutado e
refrescante.
Esse é um
daqueles vinhos que você só para de tomar quando acaba a garrafa!
Nota IV: 90
91 pontos
no Descorchados 2014
Importadora:
Domínio Cassis
Vendas no
Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

Provamos e aprovamos… Andes Plateau Cota 500 2015

Idas e Vinhas

Felipe Uribe confirma seu talento com esse novo rótulo. Com a proposta
de ser um vinho mais acessível em relação ao ícone Andes Plateau 700+, o Cota
500 impressiona pela ótima estrutura e equilíbrio. O irmão caçula já chega com
ares de gente grande!

As uvas para este vinho são da comuna de Requínoa, localizada
no Valle de Cachapoal, no Chile.
Próximos à Cordilheira dos Andes, os vinhedos estão a 500m de altitude, os
solos são aluviais predominando cascalho, areia e limo.
 

Idas e Vinhas
Localização dos vinhedos
Já falamos sobre o produtor e o 700+ aqui.
Vamos ao vinho?
Cota 500 2015
95% Cabernet Sauvignon, 3% Syrah e 2% Carignan. 13,6% de
álcool.
Amadurecimento em carvalho francês de 3º e 4º uso e
posteriormente 20% em fudre (grandes tonéis
de 20 a 30 mil litros) de carvalho francês de 2º uso e sem tosta. Após ser
engarrafado permanece na adega por 3 meses antes de ser comercializado.
De coloração vermelho rubi. No nariz mostrou uma boa
diversidade de aromas, muito intensos e persistentes de rosa, violeta, ameixa,
cereja, framboesa, morango, especiarias (pimenta do reino) e hortelã. Em boca mostra ótimo equilíbrio entre acidez, álcool e taninos de excelente
qualidade. Encorpado, com acidez perfeita e aroma de boca bastante intenso,
muito persistente e refrescante.
Convida a uma segunda taça, vale a pena conhecer!
Nota IV: 92
Importadora: Domínio Cassis

Idas e Vinhas

Aconteceu… Vinho e Pizza

Idas e Vinhas

O último dia 08 de dezembro reuniu pelo menos 3 coisas que todo enófilo adora:
boa comida, excelentes vinhos e pessoas interessantes. O evento “Vinho e Pizza” de ‘Como em Casa com Idas e Vinhas®‘ foi muito bacana! Enquanto muita
gente pensa tanto em que vinho combinaria com que comida, o que pode ser tarefa
estressante, optamos por apenas seguir algumas regras básicas e deixar fluir…

Idas e Vinhas

Os deuses
do Vinho olharam por nós e a noite foi muito divertida! Afinal, como não
apreciar a combinação vinho & pizza?
Escolhemos 5 tintos, acompanhados por 4 sabores de pizza. A sequência obedeceu a
uma regra simples: do vinho menos encorpado para o mais potente, enquanto as
pizzas foram passando das mais leves para as mais substanciosas e
condimentadas.
Os vinhos
degustados fazem parte do nosso portfólio (e estão disponíveis em nosso Wine Club), e optamos por variar castas
e países: da França trouxemos um
Pinot Noir, do Chile um Cabernet
Sauvignon e um Syrah, da Itália um Nero
D’Avola e de Portugal um blend de
Touriga Nacional/Alicante Bouschet/Cabernet Sauvignon.
E o que
dizer das pizzas e do espaço “Como em
Casa
”?  Sucesso total, com direito a forno a lenha a pleno vapor para
finalizar as deliciosas pizzas Prima Farina
e o terraço decorado remetendo às cantinas italianas…

Idas e Vinhas
A Pizzaiolo Fany

E a noite seguiu assim

Os vinhos
– Domaine
Thevenet & Fils – Bussières “Les Clos” 2012 (França, Borgonha)

Firriato – Chiaramonte Nero D’Avola 2013 (Itália, Sicilia)

Ramirana – Gran Reserva Syrah Carmènére 2012 (Chile, Maipo)

Ventisquero – Grey Cabernet Sauvignon 2013 (Chile, Maipo)
– Quinta
de S. Lourenço – Galecião 2010 (Portugal, Lisboa, Estremadura)

A comida

antepastos preparados pela Fany
– pizzas
com a alta qualidade Prima Farina
(caprese, melanzane, prosciuto di Parma e calabresa)
– água,
licor e café
O top 3
Esse
talvez tenha sido o Top 3 mais
disputado que já fizemos. Teve até recontagem…e para não polemizar declaramos
‘empate técnico’ !!
1° lugar, empatados: Ramirana – Gran Reserva Syrah Carmènére 2012 e Quinta de S. Lourenço – Galecião 2010
2° lugar: Firriato
– Chiaramonte Nero D’Avola
2013

Agora
faremos uma pequena pausa para as
festas de fim de ano, mas logo em
janeiro reiniciamos
nossos encontros! Fiquem atentos e inscrevam-se sem qualquer custo em nosso Wine Club (aqui) para saberem em primeira mão todas as
novidades.
Quer
fazer um evento personalizado e
exclusivo
, está em busca de excelentes
vinhos
? Fale conosco! contato@idasevinhas.com.br
(021)
98218-0717
Tenham um
Maravilhoso Natal e que 2017 venha pródigo em conquistas, alegrias e vinhos
extraordinários!!

É tempo de Happy Wine Hour!!

Idas e Vinhas
Prepare-se para essa Wine Experience!!
Idas e Vinhas®
os convida para a Happy Wine Hour, em parceria com o Restaurante Ícaro do Shopping
Rio Sul
, no próximo dia 08 de Novembro de 2016 (terça-feira).

Nada melhor que apreciar
ótimos vinhos para descontrair depois de um dia estressante ou apenas pelo puro
prazer de explorar o lúdico universo vínico. E foi pensando nisso que criamos a
Happy Wine Hour com Idas e Vinhas®. Em cada edição selecionamos
vinhos interessantes e envolventes, que combinados a um cardápio
caprichado levam a boas conversas e uma incrível Wine Experience.
Na próxima edição, em 08
de Novembro, trazemos França, Espanha, Chile, Argentina e Itália, com destaque
para os novos rótulos do portfólio da importadora Domínio Cassis, os excelentes
Cota 500, novo projeto da Andes Plateau, e o branco Basiano da Campos de Enanzo
produzido com a casta Viura.
Garanta já sua inscrição,
são poucas vagas e costumam ser preenchidas rapidamente!
Espumante
1. Les
Caves de Landiras
– La
Roche Brut Vin Mousseux (França
Landiras, Aquitania)

Os
Vinhos
2. Bodegas
Campos de Enanzo

Basiano Viura 2015 (Espanha
Navarra) – IV 86
3. Clos
des Fous
Cabernet Sauvignon 2010 (Chile – Alto Cachapoal)
4. Andes
Plateau –
Cota 500 2015 (Cabernet Sauvignon, Syrah e Carignan) (Chile – Valle Elqui e Maipo) – IV
92
5. Firriato
Chiaramonte Nero
D’Avola 2013 (Itália – Sicilia) – WS
87, IV 88
6. Alto
Las Hormigas
– Colonia
Las Liebres Bonarda 2014 (Argentina
– Mendoza) – WS 85, Desc. 90, IV 86
Serviço
Data: 8 de Novembro
(inscrições até o dia 6 de Novembro)
Local: Restaurante Ícaro
do Shopping Rio Sul
As boas vindas aos
participantes iniciam as 19h e a degustação começa pontualmente as 19h30.
Formas de pagamento
* Depósito identificado ou
transferência bancária em parcela única em conta da Caixa Econômica
* Cartão de crédito em
parcela única por compra segura digitada Cielo
Importante: Não fazemos
reserva! A vaga é garantida apenas após a confirmação do pagamento.
Inscrições e informações
contato@idasevinhas.com.br | 98218-0717
Investimento
R$155,00 por pessoa
Membros do Idas e Vinhas
Wine Club
: R$145,00
Não é membro do Wine Club? Inscreva-se aqui.

Veja abaixo a arte de divulgação. Clique para ampliar.

Idas e Vinhas

Provamos e aprovamos… Bodegas Verdúguez – Voraz Crianza 2013

Idas e Vinhas

Recentemente chegou à importadora Dominio
Cassis
a safra 2013 do vinho espanhol Voraz Crianza. Abrimos uma garrafa no dia
04 de Outubro e relatamos 
abaixo as nossas impressões.

Já escrevemos sobre a região e a vinícola aqui.
Vamos ao vinho?
Voraz Crianza 2013
75% Tempranillo e 25% Cabernet Sauvignon. 6
meses em carvalho francês e americano. 13% de álcool.
Cor vermelho rubi. Com aromas bastante intensos
e persistentes de ameixa, groselha, romã, mirtilo e violeta. De médio corpo em
boca, com boa acidez, álcool e taninos equilibrados. Os sabores de ameixa
madura, café e madeira (na medida certa) se sobressaem. Final de boca muito
intenso e persistente, com fundo de café e levemente tostado.
Nota IV: 86
Importadora: DomínioCassis
Vendas no Rio de Janeiro: contato@idasevinhas.com.br

Idas e Vinhas

Provamos e aprovamos… William Fèvre Chile The Franq Rouge 2010

Idas e Vinhas

Hoje é dia de ícone! O The
Franq Rouge 2010
produzido por William
Fèvre
no Chile, nos vinhedos que compõem o projeto de Vinhos de Montanha.

De
acordo com o próprio William Fèvre, The Franq Rouge é o protagonista secreto de
seus melhores vinhos. O solista em meio ao coro. É produzido com uvas dos vinhedos
localizados em San Luis de Pirque,
no Alto Maipo. Próximo a Santiago, o
Alto Maipo fica nas terras altas do sopé dos Andes. No caso de San Luis de Pirque, cerca de 650 metros
acima do mar.
As
uvas para o The Franq Rouge passam por dupla seleção, garantindo que os
melhores frutos sejam encaminhados para a vinificação, que busca alta extração de
cor. Trata-se de um vinho estruturado, e a alta qualidade dos frutos aliada ao
processo de vinificação o tornam capaz de se beneficiar de longo estágio em
barricas novas. Lembrem-se, apenas bons vinhos ficam ainda melhores com o uso
da madeira!
The
Franq Rouge é um blend com 88% de Cabernet Franc e 12% de Cabernet
Sauvignon
. A Cabernet Franc, que brilha na França nas regiões do Loire e
nos cortes de Bordeaux, tem no Chile a maior área plantada na América do Sul. Sua
alta acidez traz equilíbrio aos blends e é bastante aromática*. Habilidade na
produção das uvas aqui é fundamental, pois a colheita efetuada no ponto ótimo
de maturação é que proporciona o desenvolvimento de intensos aromas florais e
frutados, evitando que os aromas vegetais (especialmente pimentão) sobressaiam.
Foram
produzidas apenas 1456 garrafas!
Já escrevemos sobre o
produtor aqui.
Vamos ao vinho?
The Franq Rouge 2010
D.O. Traiguén. Vale do
Maipo.
88% Cabernet Franc e 12%
Cabernet Sauvignon. 14,6% de álcool.
Passa 16 meses em barricas
novas de carvalho francês.
Cor vermelho granada muito
escuro. Muito rico e intenso em aromas, com surpreendente refrescância. Violetas
e rosas são os primeiros a serem liberados, seguidos de ameixas em calda, licor
de cassis, tabaco, café, baunilha, madeira (em pleno equilíbrio), pimenta do
reino e hortelã. Em boca é encorpado, muito equilibrado, a acidez se contrapõe
elegantemente aos taninos marcantes e finos. O álcool está muito bem integrado,
e os aromas de boca são intensos e agradáveis, com destaque para o café,
chocolate, aromas florais e de menta. Termina intenso, com boa persistência e
fundo de café e menta.
Vinho interessante e
envolvente. Gastronômico, harmoniza muito bem com carnes vermelhas grelhadas ou
boeuf bourguignon
Nota IV: 89
Descorchados 2014: 90
Vendas no RJ: contato@idasevinhas.com.br
Idas e Vinhas

*Jancis
Robinson. Wine Grapes, 2012.