Provamos, aprovamos e harmonizamos… William Fèvre Espino Gran Cuvée Chardonnay 2014 com robalo ensopado

Idas e Vinhas

Ontem preparamos robalo ensopado para o
almoço. Para acompanhar esse peixe de carne branca e sabor delicado escolhemos
a nova safra do Espino Gran Cuvée
Chardonnay
. Já provamos a safra 2012 (veja
aqui) e gostamos muito. A mineralidade e o frescor
desse vinho têm potencial para valorizar o robalo.

E o resultado
foi ótimo! A safra 2014 é bastante consistente com a anterior. A forma de
vinificação confere ao vinho certas características que valorizam o produto
final. A fermentação em madeira de pequena parte do mosto (apenas 10%) e depois
o amadurecimento em contato com as borras beneficiam o vinho com estrutura e
complexidade de aromas, sem perder a leveza e o frescor.
Os Gran Cuvée da linha Espino
produzidos por William Fèvre no Chile são feitos a partir de um só vinhedo
(single vineyard). As uvas para esse estruturado Chardonnay são provenientes do
vinhedo Punta Almendro, na sub-região Alto Maipo, no sopé dos
Andes e a uma altitude de quase 1000 metros. O clone utilizado veio diretamente
da propriedade na Borgonha que tornou William Fèvre famoso por seus Chablis.
O Espino
Gran Cuvée Chardonnay 2014
é um dos vinhos da campanha que lançamos hoje,
06 de agosto, no nosso Wine Club.
Acesse a campanha: Vinhos de Altitude.
Vamos ao vinho?
Espino
Gran Cuvée Chardonnay 2014
Vinhedos a 840m. D.O. Maipo Andes. Chile.
100% Chardonnay. 13,5% de álcool. 10% do
mosto é fermentado em carvalho francês e o restante em tanques de aço de 6000
litros. O vinho amadurece em contato com as borras finas entre 5 e 6 meses.
Amarelo palha com reflexos dourados. No
nariz, apresenta ampla gama de aromas intensos e persistentes, destacando-se os
florais (flor de laranjeira), frutados (abacaxi, pêssego, tangerina, melão,
grapefruit), alecrim, louro, mel, e sutil mineralidade. Harmônico em boca, com
excelente acidez e álcool integrado. Aromas muito intensos e persistentes. O
final longo, levemente tostado, com fundo de mel e abacaxi em compota e coco
queimado.
Nota IV: 91
Descorchados 2016: 94
Idas e Vinhas
Descobrimos os
vinhos produzidos no Chile por William Fèvre quando iniciamos os
contatos com Wilton Conde, da importadora Domínio Cassis. O que temos a dizer é que os vinhos
são muito bons! Muito bem feitos, têm elegância e equilíbrio. A madeira é
utilizada com parcimônia e inteligência, para preservar o frescor e a
identidade das uvas e do terroir. Leiam sobre os demais vinhos degustados:

Idas e Vinhas

William Fèvre Espino Cabernet Sauvignon 2013

William Fèvre Espino Gran Cuvée Chardonnay2012

William Fèvre Espino Gran Cuvée Cabernet Sauvignon 2011

William Fèvre Espino Pinot Noir 2013

William Fèvre Quino Blanc 2012

William Fèvre Little Quino Sauvignon Blanc 2012

William Fèvre La Misión del Clarillo Chardonnay Reserva 2013

William Fèvre La Misión del Clarillo Cabernet Sauvignon Reserva 2012

William Fèvre The Franq Rouge 2010