Provamos e aprovamos… William Fèvre Chacai Chardonnay 2011

Idas e Vinhas

A linha Chacai,
composta pelo Chardonnay e pelo
blend de Cabernet Sauvignon e Franc,
une-se ao The Franq Rouge para
formar a tríplice coroa dos vinhos de montanha de William Fèvre Chile.

Quando se fala em Chardonnay, quem está
familiarizado com os vales chilenos logo pensa no Valle de Casablanca. A região que antes era dedicada à pecuária,
descobriu sua vocação para a vinicultura e desde os anos 90 vem construindo
excelente reputação. O clima frio e o solo são favoráveis à Chardonnay e à
Pinot Noir.
Mas então porque William Fèvre se dedicou a fazer
esse vinho no Vale do Maipo,
conhecido pelos Cabernet Sauvignon? Bom, pelo que já conhecemos, ele gosta de
desafios. E o conhecimento que lhe rende fama pelos incríveis Chablis que porduz na Borgonha com certeza é fundamental.
Além disso, as uvas para o Chacai Chardonnay vem do Alto Maipo, de um vinhedo minúsculo em San Juan de Pirque, a cerca de 1000 metros de altitude. O clima
frio, a insolação e o solo com alta drenagem proporcionam frescor e acentuam os
aromas.
Além disso, o método de vinificação é interessante.
Segundo informações do produtor, as uvas são prensadas utilizando o método que
alguns chamam de método de “Cahampagne”, ou seja, os cachos são prensados
inteiros, com os engaços, o que proprociona estrutura em boca. Todo o suco é
fermentado em barricas de carvalho francesas, com contínua mistura do vinho com
as borras (‘batonnage’). Apenas 25% do lote passa pela fermentação malolática (que
reduz a acidez) para conferir um pouco de cremosidade ao vinho. Após 14 meses
em contato com as borras, o vinho é engarrafado e só é liberado para o mercado
após alguns meses.
Já escrevemos sobre o
produtor aqui.
Vamos ao vinho?
Chacai
Chardonnay 2011
D.O. Pirque. Vale do Maipo.
100% Chardonnay. Fermentado
em barricas de carvalho francês, onde permanece 14 meses para então envelhecer
em garrafa. 14,2% de álcool.
Cor amarelo ouro, com
reflexos dourados.
Bastante rico e intenso em
aromas. Os florais aparecem primeiro – flor de laranjeira, lírios e jasmim.
Girando a taça, abacaxi maduro, capim limão, amêndoas torradas, côco queimado,
chá de camomila e sutil amadeirado. Em boca tem ótimo corpo, é muito
equilibrado, com acidez fresca. Álcool muito bem integrado. Aromas de boca
intensos e persistentes, destacando-se os florais e o coco queimado. Final também
intenso e persistente, com agradável fundo de mel e levemente amadeirado.
Um branco gastronômico!
Ostras, peixes de carne branca, até mesmo uma bacalhoada.
Nota IV: 91. Vinho de estilo
e caráter superiores, torna especial qualquer ocasião.
Descorchados 2013: 94
Vendas no RJ: contato@idasevinhas.com.br. Pouquíssimas unidades!
Idas e Vinhas

Aconteceu… Happy Wine Hour com Idas e Vinhas no restaurante Ícaro

Idas e Vinhas

A noite de 08 de Junho de 2016 foi especial! Conduzimos mais
uma Happy Wine
Hour
em parceria com o restaurante Ícaro do shopping
Rio Sul, inspirados pelos excelentes vinhos chilenos de William Fèvre em plena harmonia com o cardápio preparado exclusivamente para os nossos convidados.


Idas e Vinhas

Nossa wine experience preferida é sempre muito prazerosa. A escolha do tema, a seleção dos vinhos, os demais preparativos, é algo que gostamos muito de fazer para propiciar aos convidados uma ótima Happy Wine Hour. 


Para a noite de 08 de Junho escolhemos 5 rótulos produzidos por William Fèvre no Vale do Maipo, Chile. São chamados vinhos de altitude, pois as vinhas ficam a quase 1000 metros acima do nível do mar, no sopé da Cordilheira dos Andes. Vinhos frescos, frutados, e muitos equilibrados, ao melhor estilo William Fèvre.

Idas e Vinhas

Como já é nossa tradição, sempre recebemos os convidados com espumantes. Selecionamos dois da vinícola catarinense Abreu Garcia: o Brut Rosé (corte de Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Noir e Sangiovese elaborado pelo método Charmat) e o Brut Festividad (corte de Chardonnay com Pinot Noir feito pelo método Champenoise). Leia mais sobre a vinícola aqui.
Em seguida passamos para a degustação propriamente dita, com 5 vinhos da William Fèvre Chile. Conheça mais aqui.
Estes vinhos são importados pela Domínio Cassis.
Os vinhos:
Espino Reserva Chardonnay 2013 (91
Descorchados)
Espino Reserva Pinot Noir 2014
Espino Gran Cuvée Carmenère 2012
Espino Gran Cuvée Cabernet Sauvignon 2012 (91
Descorchados)
Chacai Cabernet Sauvignon 2011 (94
Descorchados)
Harmonizaram perfeitamente com
as comidinhas especialmente preparadas e supervisionadas pela chef Elisangela:
ceviche, brusquetas, azeitonas, pizza branca e empanadas.
Idas e Vinhas

O serviço, comandado pelo Claudio, também foi
digno de nota. Apoio e atenção que completaram o clima dessa noite muito
agradável, e para a qual as vagas foram rapidamente preenchidas!
Agradecemos aos participantes e a toda a equipe
do Restaurante Ícaro. Que venham muitas outras Happy Wine Hours!!