Agenda… Happy Wine Hour 06 de dezembro de 2017 – Orgânicos e Biodinâmicos

O próximo dia 06 de Dezembro é dia de Happy Wine Hour! E o tema são vinhos orgânicos e biodinâmicos produzidos pela vinícola chilena Huaso de Sauzal, destaque do prestigiado Guia Descorchados.

Processos
de produção mais naturais – essa é a proposta dos vinhos orgânicos e biodinâmicos.
E um de seus expoentes no Chile é Renán
Cancino
, da Huaso
de Sauzal
. Nessa Wine
Experience
, descubra porque esses vinhos são destaque no
prestigiado Guia
Descorchados.

A vitivinicultura orgânica segue regras bastante rígidas para utilização de produtos químicos e fertilizantes sintéticos nas vinhas, além de buscar práticas eco sustentáveis. 
Mas a biodinâmica eleva a outro patamar tal preocupação. As práticas agrícolas biodinâmicas  fazem parte de uma filosofia maior – a Antroposofia – cujo patriarca foi o austríaco Rudolf Steiner (1861 – 1925). De acordo com Steiner, o homem deve desenvolver seu espírito, afastando-se do excesso de materialismo tornando-se uno com a Natureza. Daí o emprego de técnicas agrícolas que fortaleçam uma “relação espiritual–ética com o solo, com as plantas e os animais e com os coirmãos humanos.” 
Atualmente muitas vinícolas de regiões tradicionais vêm adotando as vitiviniculturas orgânica e biodinâmica. Mas tais práticas produzem vinhos melhores?
Venha conferir conosco!! No mínimo, são vinhos mais interessantes! E quando produzidos em limitadíssima escala como os Huaso de Sauzal, é garantia de uma experiência exclusiva.

Garnacha 2013,
Carignan 2014,
Vigno Carignan 2013
e Chilena (País) 2014
são os rótulos escolhidos para essa noite especial. O trabalho de Renán retoma
a “velha enologia do campo”, pura intuição e mínima intervenção,
resultando em vinhos autênticos,  que são reflexo do seu terroir.

E tudo isso acontece no belo espaço Como em Casa, onde Fany Beigler garante as comidinhas que tornam  a noite ainda mais especial.

Os Vinhos para celebrar
Espumante orgânico Jasmine Monet rosé (Aregentina)
Vigno – Huaso de Sauzal Cariñena 2013 (Chile)
Huaso de Sauzal Cariñena 2014 (Chile)
Huaso de Sauzal País (Chilena) 2014 (Chile)
Huaso de Sauzal Garnacha 2013 (Chile)
Para comerAntepastos
Prato quente
Sobremesa

Água, licor e café


Serviço
Data: 06 de dezembro de 2017 (inscrições até o dia 04 de Dezembro)
Local: Rua Tonelero, 25, cobertura. Copacabana – RJ

Investimento
R$165,00 por pessoa
Membros do Idas e Vinhas Wine Club: R$155,00. 
Não é membro? Inscreva-se aqui!
As boas vindas iniciam as 19h30 e por respeito aos demais participantes a degustação começará pontualmente às 20h.

Forma de pagamento
Depósito identificado ou transferência bancária em parcela única em conta da Caixa Econômica.

Inscrições e informações
contato@idasevinhas.com.br

*Atenção: não fazemos reserva, as inscrições são confirmadas mediante a comprovação do pagamento.

Abaixo está a arte da divulgação (clique para ampliar).

Wine Spectator Top 100 2017

Idas e Vinhas

Todos os anos a revista americana Wine Spectator lança a lista dos 100 melhores vinhos degustados pela equipe da revista – a Wine Spectator Top 100. A lista completou 29 anos em 2017.


A primeira foi lançada em 1988. Naquela época, o mundo do vinho era muito diferente do que é hoje. Não havia essa infinidade de rótulos e a quantidade de vinícolas era bem menor.

Em 2017 foram analisados quase 17 mil rótulo, e destes mais de 5.600 tiveram 90 pontos ou mais obedecendo os critérios abaixo:

A escolha dos vinhos é baseada em 4 itens:
1. Qualidade: representada pela nota dada ao vinho.
2. Valor: preço do vinho quando lançado (não pode ser muito caro). A média dos valores dos Top 100 foi de $43 e a nota WS 93, ou seja, uma razão custo/benefício bastante favorável.
3. Disponibilidade: quantidade de caixas produzidas ou importadas pelos EUA.
4. X-factor: “the excitement”, as sensações transmitidas pelo vinho quando provado. Em 2013 foi dada maior ênfase a fator, valorizando singularidade ou autenticidade.

Abaixo a lista completa dos Top 100 2017

Provamos e aprovamos… Vinho Verde Quinta de Covela Edição Nacional Avesso 2015

Idas e Vinhas

A temporada de calor escaldante no Rio de Janeiro acabou de começar! Chegou a hora dos brancos, rosés e espumantes…

Um branco que é excelente para amenizar o calor é o Vinho Verde. Produzido na D.O. Vinhos Verdes, entre os rios Douro e Minho, no noroeste de Portugal, é leve e com acidez refrescante. Esses atributos fazem com que seja ideal para ser bebido como aperitivo ou para harmonizar com pratos leves – saladas, frutos do mar, carnes brancas…

Fizemos nossa tradicional bacalhoada e harmonizou muito bem com esse vinho!

Idas e Vinhas

Conheça mais sobre a D.O. Vinhos Verdes aqui.

Já escrevemos sobre a Quinta de Covela, safra 2013 neste post.

Dessa vez, provamos a safra 2015. 

Vamos ao vinho?

100% Avesso, fermentação com leveduras indígenas, 12,5% de álcool. Sem passagem em carvalho.
Cor amarelo palha claro. Com aromas persistentes de frutas cítricas (maçã verde e pêssego), flor de laranjeira, lírio e notas minerais. Em boca é de corpo leve, acidez fresca, maciez e álcool equilibrado. As frutas cítricas e a mineralidade se destacam. Final de média persistência com retrogosto cítrico e refrescante.

Vale a pena provar!

Nota IV: 87
Nota WS: 88
Importadora: Winebrands


Idas e Vinhas


Agenda… Happy Wine Hour – Itália – Friuli e Puglia, 22 de novembro de 2017


Venha para a Happy Wine Hour! No dia 22 de novembro  descobriremos mais sobre a diversidade dos vinhos italianos.


Itália, chamada pelos gregos de Enotria (Terra do Vinho), é fonte constante de belas descobertas. Em 2015 voltou a ser o maior produtor mundial de vinhos, batendo a antes campeã França. Os números impressionam! Foram produzidas em 2015 4,8 bilhões de garrafas, enquanto a França produziu 4,6 bilhões. (dados da edição eletrônica do Jornal Nacional, de 12/10/2015).

Para essa noite escolhemos vinhos de duas regiões: Friuli – com os seus brancos vivos e aromáticos, e Puglia – com seus tintos encorpados e perfumados. Todos produzidos de forma orgânica.


Essa Happy Wine Hour acontecerá no belo e exclusivo espaço ‘Como em Casa‘, onde a própria Fany Beigler prepara as comidinhas com muito cuidado.

Os Vinhos
Azienda Agricola Dissegna – Pinot Grigio 2015
Masseria Tagaro – Pignataro Negroamaro IGP Salento 2015
Masseria Tagaro – Pignataro Primitivo di Manduria DOC 2015
Masseria Tagaro – Pignataro Nero di Troia IGP Puglia 2014.
Serviço
Data: 22 de novembro de 2017 (inscrições até o dia 20 de novembro)
Local: Rua Tonelero, 25, cobertura. Copacabana – RJ

Investimento
R$155,00 por pessoa
Membros do Idas e Vinhas Wine Club: R$145,00. 
Não é membro? Inscreva-se aqui!
As boas vindas iniciam as 19h30 e por respeito aos demais participantes a degustação começará pontualmente às 20h.

Forma de pagamento
Depósito identificado ou transferência bancária em parcela única em conta da Caixa Econômica.

Inscrições e informações
contato@idasevinhas.com.br

*Atenção: não fazemos reserva, as inscrições são confirmadas mediante a comprovação do pagamento.

Abaixo está a arte da divulgação (clique para ampliar).

Abreu Garcia é Ouro na Grande Prova Vinhos do Brasil 2017

Foi com grande satisfação que recebemos o resultado da Grande Prova Vinhos do Brasil 2017! A 5a edição da iniciativa do Grupo Baco, que ocorreu entre 23 a 26 de Outubro, avaliou vinhos de 125 vinícolas nacionais que concorreram em diversas categorias.

O Abreu Garcia Cabernet-Sauvignon-Merlot 2012 foi agraciado com a medalha de ouro na categoria Tinto Cortes.
A prova foi feita às cegas, e resultou na determinação de medalhas e na eleição dos melhores em cada uma das 29 categorias (distribuídas entre vinhos e sucos). 
O evento teve curadoria do expert Marcelo Copello, que preside o concurso e coordenação geral de Sérgio Queiroz, sócios do Grupo BACO, organizadores do evento. O IBRAVIN (Instituto Brasileiro do Vinho), por meio do projeto Vinhos da Brasil, é um dos apoiadores de destaque do evento.
Ficamos muito contentes com o resultado (representamos a Abreu Garcia com exclusividade aqui no Rio de Janeiro) e parabenizamos a equipe da vinícola, em especial o jovem enólogo Leonardo Ferrari
A Abreu Garcia, vinícola boutique instalada em uma bela propriedade em Campo Belo do Sul – SC, vem conseguindo conquistar seu espaço nesse mercado tão competitivo. Além do corte tinto agora premiado, a vinícola produz excelentes espumantes, vinhos brancos e rosés.
Outro vinho que vem conquistando admiradores é o Chardonnay Carvalho 2014, que fez sucesso na 1a edição do Vini Bra Expo 2017, iniciativa de Gustavo Guagliardi Pacheco, onde o Idas e Vinhas coordenou o movimentado stand da vinícola.
MEDALHA DE OURO -Tinto Cortes – Abreu Garcia Cabernet Sauvignon – Merlot 2012

A cerimônia de entrega dos certificados acontecerá no próximo dia 23/11 às 19h no Hotel TRI Flores da Cunha (R. John Kennedy, 1031 – São José), apenas para convidados.
O resultado consolidado de todas as categorias será publicado no Anuário Vinhos do Brasil 2018, junto com o panorama do setor, tradicionalmente divulgado no início do ano.

Saiba mais sobre a Abreu Garcia: