Em busca do Torrontés perfeito… O. Fournier Leonardo Torrontés 2011

Nessa minha cruzada pelo Torrontés perfeito, chegou
a vez de provar o rótulo do conceituado produtor
O.Fournier, que possui vinhedos na Argentina,
Espanha e no Chile.

Já escrevemos sobre a casta e
a região aqui.
O grupo O. Fournier surgiu no ano 2000 e hoje
possui um total de 386 hectares de terras, sendo 236 hectares de videiras
espalhados pelos 3 países acima descritos.
 

Idas e Vinhas
Foto: Gustavo Sosa Pinilla
Na Argentina os vinhedos estão
localizados no Valle de Uco, na região de La Consulta, em Mendoza,
com altitude próxima de 1.200 metros acima do nível do mar.
Para a produção do Leonardo Torrontés 2011,
a vinícola adquire as uvas de outros produtores localizados em Salta,
região Norte da Argentina.
 

Idas e Vinhas
Foto: Garcia & Betancourt
A linha Leonardo não tem grandes
pretensões. São vinhos para o consumo normal do dia a dia, sem grande potencial
de guarda e com preços bastante atrativos. Além do Torrontés, compõem a
linha outros três rótulos varietais sendo dois tintos (Malbec e Tempranillo)
e mais um branco (Sauvignon Blanc).
É uma pena que o produtor não faça nenhuma
menção a essa linha de vinhos no seu site.
Vamos ao vinho?
O. Fournier Leonardo Torrontés 2011
100% Torrontés, 13,5% de álcool.
Cor amarelo palha para dourado, com reflexos
dourados. Apresentou aromas finos e razoavelmente intensos e persistentes de jasmim,
tangerina, capim limão e mel. De corpo leve em boca, macio e álcool
equilibrado, mas pecou na falta de acidez. Final de boca persistente e
levemente amargo.
Este vinho já está no início da curva descendente
de qualidade. Ainda não foi dessa vez, que venha o próximo Torrontés!
Nota IV: 79
R$47,15
Importadora: Vinci 
Idas e Vinhas
Acompanhe a saga “Em
Busca do Torrontés Perfeito” aqui:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *