Aconteceu…. Apresentação de vinhos da Abreu Garcia na Bardot – Vinhos e Artes

Idas e Vinhas

Na última sexta
feira, 13 de Março, apresentamos 6 rótulos da vinícola Abreu Garcia na Bardot – Vinhos e Artes.


A Abreu Garcia é uma vinícola boutique
cujos vinhedos estão localizados no Planalto Catarinense, região que vem se
destacando no cenário nacional graças à qualidade de seus vinhos de altitude.
Saiba mais sobre a Abreu Garcia aqui.

A Bardot – Vinhos e Artes, localizada no
Grajaú, é a única delicatessen do Rio de Janeiro onde a linha Abreu Garcia pode ser encontrada no
momento.
Vamos aos vinhos?

vinhos Abreu Garcia


Espumante Festividad
Produzido pelo método
tradicional – Champenoise – esse espumante delicado é bastante fresco e
apresenta aromas de pão torrado e frutas secas.
Espumante Rosé Brut
Produzido pelo método
Charmat, é fresco e tem aromas de frutas vermelhas. Feito a partir de um blend
incomum de 50% Cabernet Sauvignon, 30% Merlot, 10% Sangiovese e 10% Pinot Noir.
Chardonnay 2014
Carro chefe da linha
de brancos, é um vinho delicado, sem passagem em madeira. Com aromas de frutas
de polpa branca, flores brancas e notas minerais.
Sauvignon blanc 2014
Aromas finos de
flores brancas, melão e cítricos. Boa acidez.
Rosé 2014
Feito com o mesmo
corte do espumante rosé, a versão tranquila é um vinho leve e fresco com aromas
de frutas vermelhas.
Cabernet Sauvignon/Merlot 2011
65%
Cabernet Sauvignon e 35% Merlot, com colheita manual feita em Março e Abril de
2011, estagiando durante 12 meses em carvalho francês novo e outros 24 meses em
garrafa. Tinto de médio corpo e equilibrado. Aromas de frutas
vermelhas e violetas. Veja aqui
o post da degustação técnica que fizemos.
Idas e Vinhas

A Bardot – Vinhos e Artes está localizada
na Rua Barão de Mesquita, 978 A, Grajaú, Rio de Janeiro.

Em busca do Torrontés perfeito – Colomé Torrontés 2013

Idas e Vinhas

Na
busca pelo Torrontés perfeito, hoje foi dia de ver como se sai o da famosa
Bodega Colomé.


havia provado outras safras deste mesmo vinho em diferentes ocasiões mas nunca
de forma técnica.
Leia sobre a casta e a região aqui.

escrevemos sobre a vinícola aqui.
Vamos
ao vinho?
Uvas
provenientes do Vale Calchaquí, vinhedo Finca La Brava (Cafayate, a 1750 metros
acima do nível do mar). 13,5% de álcool.
Cor amarelo
palha claro. Com aromas bastante finos, intensos e persistentes de lírios,
graviola, lichia, limão, maçã verde e tangerina. Em boca é de corpo leve,
fresco, macio e álcool equilibrado. Final de boca muito persistente e
retrogosto com notas de lichia.
Vinho
muito bom, e continua não decepcionando. Fácil de beber sem ser enjoativo.
E a
busca continua…
Nota
IV: 87
WS: 87
Preço:
R$62,20
Importadora:
Decanter 
Idas e Vinhas
Acompanhe
a saga “Em Busca do Torrontés Perfeito” aqui:

Provamos e aprovamos… Errazuriz Aconcagua Costa Shiraz 2012

Idas e Vinhas

Continuando com os vinhos da Errazuriz, desta vez degustamos o
vinho da linha Especialidades, o Aconcagua Costa Shiraz 2012.

Em 2012 fizemos uma visita à vinícola que vale
a pena você conferir aqui.
Os vinhedos destinados à produção do Aconcagua
Costa Shiraz
(cuja primeira safra foi 2010) estão localizados a 12 km do
mar. Ao todo são 15,5 hectares de vinhedos Shiraz (2 clones diferentes) plantados
entre 2005 e 2009. Os solos são de argila e xisto e ficam entre 100 e 300
metros acima do nível do mar. 
Idas e Vinhas
Vamos ao vinho?
100% Shiraz, estágio de 14 meses em barricas de
carvalho francês de 2º e 3º uso, 13,5% de álcool.
Bela cor vermelho púrpura com reflexos
violáceos. No nariz mostrou aromas bastante finos, intensos e persistentes de
frutas vermelhas frescas como ameixa, cassis, cereja, groselha e morango,
pimenta do reino e alguma nota floral. No paladar é de médio corpo, com acidez
viva, taninos finos e álcool equilibrado. A utilização de barricas não novas
garante que não haja influência excessiva da madeira, conferindo elegância. As
frutas e a pimenta são confirmadas e também há algum traço de mineralidade
graças à proximidade do oceano. Seu final de boca é muito persistente e com
retrogosto frutado e apimentado.
Esse é um daqueles vinhos que classificamos como
“perigoso”, pois embora jovem, já está pronto e é muito fácil de beber.
Vale a pena provar!
Nota IV: 89
WS: 87
Wine & Spirits Magazine: 94
Descorchados 2014: 94
R$ 139,22
Importadora: Vinci 
Idas e Vinhas
Provamos e aprovamos:

Provamos e aprovamos… Dei Principi di Spadafora – Schietto Syrah 2007

Idas e Vinhas

A vinícola italiana Principi di Spadafora, fundada no início dos
anos 1900 por Don Pietro dei Principi di Spadafora, está localizada no
distrito de Monreale, na Sicília.

Idas e Vinhas
Já escrevemos sobre a vinícola e o outro rótulo que provamos – Monreale
Syrah 2010
aqui.
Vamos ao vinho?
100% Syrah, 70% do vinho estagiou
durante 12 meses em tanques de concreto e 30% em barris de carvalho de 250
litros. 14,5% de álcool.
Cor vermelho granada escuro. Com aromas
bastante finos, intensos e persistentes de cerejas, groselha, baunilha, cravo,
café e chocolate. Em boca é de médio corpo, mostrou bom equilíbrio entre
acidez, taninos e álcool, as frutas e o café confirmam no paladar. Fim de boca
muito persistente com retrogosto frutado.
É um bom vinho!
Nota IV: 87
WS: 89
R$161,54
Importadora: Vinci
Idas e Vinhas

Em busca do Torrontés perfeito – Kaiken Terroir Series Torrontés 2014

Idas e Vinhas

Continuando a busca pelo Torrontés perfeito,
chegou a hora do Kaiken Terroir Series Torrontés 2014.

Para entender um pouco mais sobre a região, o
clima, os solos e a casta Torrontés acesse aqui

A Kaiken é o empreendimento da chilena Viña Montes na Argentina,
localizada no coração de Mendoza. A vinícola é relativamente jovem,
nasceu em 2002 e o enólogo é o famoso Aurelio Montes del Campo. São 78 hectares de vinhedos e a
produção anual alcança cerca de 1.800.000 garrafas.
Idas e Vinhas
Copyright: Kaiken

Em pouco tempo a Kaiken já mostrava o
seu potencial na elaboração de grandes vinhos e ganhou reconhecimento no
mercado Europeu. O seu Kaiken Ultra Malbec chegou a ser eleito “O Melhor Malbec da Argentina
pela revista inglesa Decanter.

A origem do nome é o pássaro Caiquen que
vive nas planícies frias e secas da Patagônia e da Terra do Fogo,
onde na maior parte do ano prevalecem a neve e o gelo. Os Caiquenes migram em
direção ao norte quando o extremo frio do inverno se aproxima. Eles são muito
sociáveis e andam em grupo ou grandes bandos, especialmente quando estão voando
sobre as montanhas. 
Idas e Vinhas
Copyright: Nomade
Os vinhedos de Torrontés estão localizados no Valle
de Cafayate
, em Salta, a 1600 metros acima do nível do mar e com
média de 80 anos. Os especialistas consideram esta a melhor região para o
cultivo dessa casta branca muito aromática.
 

Idas e Vinhas
Copyright: Kaiken
Idas e Vinhas
Copyright: Kaiken
Vamos ao vinho?
15% das uvas são maceradas durante 4 horas e os
85% restantes não fazem maceração fermentativa. 13,5% de álcool.
Cor amarelo palha claro com reflexos verdeais.
No nariz apresentou uma grande variedade de aromas bastante finos, intensos e
persistentes de flor de laranjeira e lírios, limão, tangerina, melão e pera,
funcho e mel. Em boca é perfeito, acidez fresca, de corpo leve, macio, álcool
na medida certa. Final de boca de muito boa persistência com fundo floral,
frutado (limão) e mel.
Este vinho é muito bom! A garrafa acabou
rapidinho!
Mas nem por isso dou minha busca por
encerrada…que venha o próximo!
Nota IV: 87
WS: 87
Preço: R$67
Importadora: Vinci 
Idas e Vinhas

Acompanhe a saga “Em Busca do Torrontés Perfeito”
aqui:

Provamos e aprovamos… O biodinâmico Antiyal 2010

Idas e Vinhas

A Antiyal é
o que podemos chamar de vinícola de garagem. Ela surgiu em 1996 quando o
enólogo Álvaro Espinoza e a sua
esposa Marina Ashton adquiriram
o seu primeiro hectare de vinhedos. Foi o ponto de partida para uma história de
sucesso.

 Em 2012 visitamos a vinícola e tivemos a
oportunidade de conhecer e conversar com o casal.
Veja aqui
como foi.
Vamos ao vinho?
Antiyal 2010
47% Carmenère, 29%
Cabernet Sauvignon e 24% Syrah. 14,5% de álcool.
Envelhecido
em “cubas ovo” de 650 litros cada, onde descansa por um ano, passa mais 12
meses em carvalho francês e outros 6 meses em garrafa antes de ser lançado no
mercado.
Cor
vermelho rubi escuro. Com aromas intensos, bastante finos e persistentes de
ameixa, cassis e cereja, pimenta do reino, chocolate, tabaco, cogumelos e terra
molhada. De corpo médio, equilibrado, boa acidez e taninos finos. As notas de
frutas são confirmadas e o final de boca é muito persistente, com fundo frutado
e levemente adocicado. Para beber agora.
Nota
IV: 87
WS: 89
R$150
na vinícola, em 2012
Idas e Vinhas

Welcome Califórnia!!! Grupo Jackson Family traz ao Brasil duas novas linhas de vinhos: La Crema e Edmeades

Idas e Vinhas

Desde o Julgamento de Paris, quando os vinhos californianos superaram os franceses em uma degustação às cegas, em 1976, a Califórnia é reconhecida pela excelência de sua produção vinícola, sendo responsável por 90% dos vinhos dos Estados Unidos. É na costa da Califórnia que estão as badaladas regiões de Sonoma, Mendocino e Napa, por exemplo, que produzem vinhos de altíssima qualidade. É também nessa região que está o grupo Jackson Family, que lança as linhas La Crema e Edmeades no Brasil esse mês, trazidas pelas importadoras Porto e Porto e Casa Flora.

Veja aqui como foi a noite de lançamento dos vinhos da La Crema e Edmeades na Casa Flora – RJ
A La Crema é uma vinícola comercial que produz com cuidado artesanal. Fundada em 1979, foi adquirida pelo grupo em 1992 e trabalha exclusivamente com as uvas Pinot Noir e Chardonnay – as típicas da Borgonha, na França. Reconhecida pelo estilo sofisticado, seus vinhos equilibram elegância e grande complexidade aromática. A La Crema produz em três regiões da Costa da Califórnia: Sonoma Coast, Monterey e Russian River Valley. Entre os rótulos lançados aqui, o premiado La Crema Russian River Valley 2012, que recebeu 92 pontos do crítico Robert Parker.
Idas e Vinhas
Já a Edmeades tem seus vinhedos em Mendocino, em Anderson Valley, e é famosa pela produção limitada e artesanal do vinho Zinfandel (essa uva é chamada de Primitivo na Itália). A vinícola evita o uso de dióxido de enxofre, utiliza apenas leveduras nativas para a fermentação em pequenos tanques abertos, realiza remontagem manual e engarrafa os vinhos sem nenhum processo de filtração para demonstrar o autêntico sabor da Califórnia – técnicas de produção de vinhos orgânicos. O rótulo Perli Zinfandel 2012 recebeu 92 pontos da publicação Wine&Spirits.
Idas e Vinhas
Conheça os rótulos que acabam de chegar nas importadoras Porto a Porto e Casa Flora.
La Crema
La Crema Monterey Chardonnay 2012
La Crema Russian River Chardonnay 2012 (Robert Parker 92 pontos)
La Crema Monterey Pinot Noir 2012
La Crema Sonoma Coast Pinot Noir 2012
La Crema Russian River Pinot Noir 2012 (International Wine Cellar 91 pontos)
Edmeades
Perli Zinfandel 2012 (Wine Spirits 92 pontos)
Piffero Zinfandel 2010
Mendocino County Zinfandel 2012
Sobre a Jackson Family
A Jackson Family foi fundada por Jess Jackson em 1982. Jackson era um advogado de terras que durante muitos anos recebeu o pagamento dos processos que defendia (geralmente pessoas que não queriam ter suas terras desapropriadas pelo governo) em terrenos na costa da Califórnia. Quando se deu conta, era o proprietário de inúmeras plantações de uva. Então começou a vendê-las para os vinicultores locais; quando não foi mais possível vende-las, passou a produzir vinhos. Atualmente o grupo Jackson Family é formado por 36 vinícolas independentes que trabalham com a filosofia “vinhos comerciais produzidos de forma artesanal”. Ao todo elas produzem 850 rótulos, sendo que, 400 rótulos já receberam 90 pontos ou mais de publicações como Wine Advocate (Robert Parker), Wine Spectator, Wine Spirits, Decanter, entre outras.
Importadora Porto a Porto
www.portoaporto.com.br
www.facebook.com/portoaporto
http://twitter.com/portoaporto
http://instagram.com/portoaporto
Informações para imprensa:
Porto a Porto – Marketing
Melissa Crocetti
melissa@portoaporto.com.br
55 41 3090-7341
* Texto e informações fornecidas pela Porto a Porto

Provamos e aprovamos… Ken Forrester Sauvignon Blanc 2010


Idas e Vinhas
A
produção de vinhos na África do Sul é tão antiga quanto em algumas regiões
europeias. Lá se produz vinhos há mais de 350 anos e foi com o fim do apartheid
em 1991 e após a eleição de Nelson Mandela, em 1994, que o mercado sul-africano
de vinhos foi apresentado ao mundo.

Já escrevemos sobre a Ken Forrester aqui.
Vamos ao vinho?
Sauvignon Blanc 2010
100% Sauvignon Blanc, 13,5% de álcool.
Cor amarelo palha médio. Com aromas bastante
finos, intensos e persistentes de limão, pêssego, notas florais de jasmim,
camomila e grama cortada. Em boca é seco, fresco, de médio corpo, macio e o
álcool está em equilíbrio. As frutas destacam-se nos aromas de boca. Final
muito persistente e retrogosto com notas cítricas.
Nota IV: 88
WS: 87
R$49 há 1 ano atrás, na Bergut
Importadora: Inovini
Idas e Vinhas

Idas e Vinhas na estrada – Napa Valley Parte III – Domaine Carneros (22/10/2014)

Idas e Vinhas

Para quem nos conhece
um pouco mais, sabe que a Ana adora Champagne e espumantes.
Essa adoração ficou bem nítida pelo tempo que ela passou nos corredores
dedicados a essas bebidas durante a WS New York Wine Experience. Tive
trabalho para tirá-la de lá!

Por isso
a bela manhã do nosso segundo dia em Napa não poderia começar melhor
para ela: degustação de espumantes na Domaine Carneros, às 10h.

A vinícola fica a poucos quilômetros da cidade de Napa
(menos de 15 km do nosso hotel), na AVA Carneros. Para chegar lá,
seguimos pela Califórnia 29 na
direção Sul, viramos à direita na Califórnia 121 e logo em seguida
avistamos o impressionante edifício da vinícola, na bifurcação entre a Duhig Road e a continuação da 121. 
Idas e Vinhas

A
vinícola
A Domaine Carneros é uma vinícola boutique, de produção
limitada. É conhecida pelos espumantes produzidos pelo método Champenoise,
pelos Pinot Noir e os vinhedos orgânicos certificados
Idas e Vinhas

Fundada pela mesma família proprietária da prestigiada
casa francesa Champagne Taittinger, resultou da vontade
de Claude Taittinger em empreender nos Estados Unidos. A busca, iniciada
no final dos anos 70, levou à escolha (em 1987) da parcela de 138 acres no
coração da AVA Carneros, no Napa Valley. A responsável pelo
empreendimento é a enóloga Eileen Crane, com vasta experiência na fabricação de espumantes,
que tem como objetivo criar a expressão californiana do estilo Taittinger
(elegância e longevidade).
Hoje a vinícola planta Pinot Noir e Chardonnay
em 350 acres em quatro localidades totalmente pertencentes à AVA Carneros, podendo ostentar a
classificação estate vineyards.
O imponente prédio é inspirado no castelo sede da
Tainttinger em Champagne, o Château de la Marquetterie, que data do século XVIII. A versão californiana foi
inaugurada em 1989. 
Idas e Vinhas

A visita
e os vinhos
O ponto forte da Domaine
Carneros
sempre foi sua gama de espumantes, que vai do clássico Brut
cuvée vintage
ao top Le Rêve Blanc de Blancs. Em
1992 o portfolio cresceu e foi iniciada a produção de vinhos tranquilos (Pinot
Noir).
Nessa visita nos dedicamos apenas à degustação, sem tour pelos vinhedos ou demais
instalações. Fomos atendidos com muita delicadeza pela equipe de recepção e
degustamos os vinhos no terraço, desfrutando de uma vista espetacular.
Idas e Vinhas
O terraço da Domaine Carneros é bastante disputado
Iniciamos com a degustação padrão de 4 espumantes (Sparkling Wine Sampler), e depois
pedimos dois outros que tínhamos curiosidade de provar (principalmente o
considerado top – Le Rêve). 
Idas e Vinhas

Sparking Wine Sampler
51% Chardonnay, 49% Pinot Noir. 12,1% de álcool. 0,9% de
açúcar residual.
Cor amarelo palha, muito brilhante. Aromas de flores
brancas, mel e frutas cítricas. Em boca tem corpo leve, ótima acidez, com
agulhas finas e boa cremosidade. Final agradável, de intensidade e persistência
médias.
Preço no site: USD 33
100% Pinot Noir. 12,0% de álcool. 0,9% de açúcar residual.
Cor amarelo palha, muito brilhante. Aromas de lima, mel e
pão tostado. Em boca é leve, com acidez viva, agulhas finas e ótima
cremosidade. Final redondo, de intensidade e persistência médias.
Preço no site: USD 35
60% Pinot Noir, 40%
Chardonnay. 12,4% de álcool. 0,9%
de açúcar residual.
Cor pele de cebola, muito brilhante. Aromas de frutas
vermelhas e florais. 5% da Pinot Noir utilizada é macerada com as cascas, dando
mais cor e um pouco mais de corpo. Em boca tem muito boa acidez, agulhas finas
e agradável cremosidade. Final agradável, de intensidade e persistência médias.
Preço no site: USD 37
Chardonnay e Pinot Noir, com licor de expedição preparado
com o top Le Rêve.
12,0% de álcool. 2,6% de açúcar residual.
Cor amarelo palha com reflexos dourados, muito
brilhante. Aromas de frutas cítricas e flores brancas. Embora com teor de
açúcar mais alto, não chega a ser enjoativo pois a boa acidez garante o
equilíbrio. Agulhas finas e boa cremosidade. Final adocicado, persistente e de
média intensidade.
Preço no site: USD 37
Observando a carta de vinhos, escolhemos mais dois
espumantes:

2008 Late Disgorged Brut Cuvée

57% Pinot Noir, 43% Chardonnay. 12,5% de álcool.
0,82% de açúcar residual.

Esse espumante, assim
como o Le Rêve, passa 6 anos em adega, sendo 3 deles em contato com as borras.

Cor amarelo ouro,
muito brilhante. Aromas de pão recém assado, nozes tostadas e flores brancas.
Muito cremoso, com ótima acidez e corpo médio. Final médio e agradável, com
notas tostadas.

 

Preço no site: USD 48 
Idas e Vinhas

100% Chardonnay. 12% de álcool. 1% de açúcar residual.
Considerado pela própria Domaine Carneros o seu
melhor espumante
, o Le Rêve tem produção esmerada, permancendo 6 anos em
adega (sendo 5 anos e meio em contato com as borras).
Cor amarelo ouro, muito brilhante. Aromas marcantes de
pão recém assado, notas tostadas e minerais. Em boca é bastante equilibrado com
ótima cremosidade e acidez viva. Final mais longo que os demais, agradável e
com notas tostadas e minerais.
Preço no site: USD 105 
Idas e Vinhas

Antes de seguirmos em frente, mais uma taça…
60% Pinot Noir, 40% Chardonnay. 12,2% de álcool. 0,50% de açúcar residual.
Cor amarelo palha, muito brilhante. Aromas de
leveduras, tostado, notas minerais e florais, pêras e melão. Em boca, o mais
seco de todos e ainda assim muito agradável e equilibrado. Ótima cremosidade e
acidez, com agulhas finas e marcantes. Final médio.
Preço no site: USD 42 
Vocês podem ter notado que as safras não são tão recentes.
Isso porque a Domaine Carneros envelhece os espumantes no mínimo 3 anos em
garrafa, sendo que o Le Rêve (a pérola da coleção) permanece 6 anos na adega.
Acabamos por provar quase todos os rótulos de
espumantes da Carneros (faltou apenas o Late Disgorged Brut Rosé). Nossa
impressão geral foi muito boa. Vinhos muito bem feitos, com excelente acidez,
achamos apenas os aromas pouco persistentes.
Já em relação ao perlage,
principal característica e um dos indicativos de qualidade nos espumantes, todos
se demonstraram excelentes (o perlage permaneceu ativo por mais de 20 minutos!).
Bolhas muito pequenas, agulhas finas (o que confere sensação de crocância) e
ótima cremosidade.
Nossos preferidos foram o Brut Rosé e o Late Disgorged
Brut Cuvée
. O Le Rêve, tão valorizado,
é muito bom mas em nossa opinião é caro para o que oferece (pagamos USD 29 a
taça!).
Veja aqui o menu de degustações da vinícola.

Em seguida, de volta à estrada! Partimos em direção ao
Norte, para visitar a Peter Michael, em Calistoga,
mas já em Sonoma County.
Idas e Vinhas

Idas e Vinhas na estrada – Napa Valley Parte I – O Roteiro

Vinho Punta Lobos Honesto desembarca no Rio

Idas e Vinhas
A importadora ASA Gourmet, traz com exclusividade o vinho Punta Lobos Honesto Sauvignon Blanc 2014, produzido artesanalmente no Uruguai.

Idas e Vinhas
O
vinho leva a chancela do empresário Mario Cohen. Com produção limitada e foco
na alta qualidade, o rótulo é apresentado em garrafas de 750 ml.
De cor clara e
toques esverdeados, o vinho é ligeiramente frutado com cítricos e
herbáceos, com delicados sabores de pêssegos e acidez equilibrada.
Ideal para harmonizar com frutos do mar, saladas, queijos de cabra e
aperitivos.
O investimento foi de R$ 250 mil e a expectativa é aumentar
em 15% as vendas dos vinhos da importadora.
Serviço: 
ASA Gourmet
Telefone: (21)
2287-7290  / (21) 2523-1910

Site: www.anasantosalimentos.com.br       

* Texto e informações fornecidas pela ASA Gourmet.