Idas e Vinhas na estrada – Napa Valley Parte II – Carter Cellars (21/10/2014)

Idas e Vinhas

A Califórnia nos recebeu bem. O dia de abertura
do nosso passeio pelo Napa Valley começou lindo. Céu azul e manhã
fresca, que acabaram sendo a tônica da semana. GPS configurado e mapa na mão,
seguimos para nosso primeiro compromisso: Carter Cellars, em Calistoga.

Embora à primeira vista no mapa Calistoga
pareça distante (fica a nordeste da cidade de Napa, após passar por Yountville,
Oakville, Rutherford e Santa Helena), são apenas
cerca de 40 km do nosso hotel em Napa.
Foi só virar à esquerda na Califórnia 29,
seguir direto até Calistoga e virar à direita na Tubbs Lane. Em menos de 40
minutos chegamos à Carter.
 

Idas e Vinhas
Recepção da Carter
Acabamos por descobrir que a Carter não produz
suas próprias uvas, apenas vinifica os famosos Cabernet Sauvignon nessa
propriedade. Os 11 acres de vinhedos de Calistoga são destinados a outro
projeto de Mark Carter, a Envy Estate Winery (parceria com o experiente Nils Venge e que também conta
com o enólogo Robin Akhurst). As castas cultivadas são: Cabernet
Sauvignon
, Petit Shiraz, Merlot, e Sauvignon Blanc.
Além disso, a Envy produz vinhos por encomenda para outros produtores. Foram
processadas cerca de 400 toneladas de uvas em 2014.
A Envy pode utilizar a termo “Estate” em seus rótulos, uma vez que 100% das uvas que compõem os vinhos são cultivados na propriedade e que todo o processo de produção (da prensagem até o
engarrafamento) também é feito na mesma propriedade. Tanto o vinhedo quanto a
vinícola devem estar localizados na AVA especificada no rótulo. No caso
da Envy, “Calistoga Estate”.
A Carter Cellars adquire as uvas de vinhedos em
diversas regiões da Califórnia, escolhidos pelo próprio Mark Carter e
pertencentes a diferentes empresas/proprietários. Essa prática, bastante comum
por lá, gera uma certa competição entre as vinícolas, e até mesmo casos de
discórdia na disputa pelos vinhedos mais renomados. Durante a semana ouvimos
algumas queixas!
A vinícola
A relação de Mark Carter com o vinho iniciou-se
nos anos 80, quando inaugurou o bed and breakfast Carter House. O
sucesso foi tanto que levou à construção de um hotel e do restaurante Restaurant
301
.
A premiada carta de vinhos elaborada por Carter
atraiu conceituados enólogos e profissionais do ramo, entre os quais Nils
Venge
. E da amizade com Venge, renomado enólogo, surgiu a Carter Cellars.
Em 1998 foi lançada a primeira safra, de uvas
procedentes do quartel (block) Coliseum do vinhedo Hossfeld,
localizado em Soda Canion nas colinas da região sudeste do Vale de Napa.
Alguns anos depois o experiente Mike Smith junta-se ao grupo e hoje é o
enólogo responsável pelos rótulos da Carter.
De lá para cá, a Carter consolidou seu nome na
produção de Cabernet Sauvignon encorpados de alta gama, teor alcoólico
elevado, altamente pontuados e elogiados pela crítica especializada. O rótulo
apresentado na New York Wine Experience em 2014 recebeu nota 93 (Beckstoffer To Kalon ‘The
Grand Daddy’ Cabernet Sauvignon 2010
).
Segundo Mark, a vinificação segue a filosofia
de mínima intervenção possível. Os pequenos lotes de uva chegam à vinícola e é
feita uma seleção manual dos melhores frutos. As uvas são então prensadas e,
após a fermentação, passam 22 meses em barricas novas de carvalho francês.
Hoje a Carter utiliza uvas de porções
específicas de 4 excepcionais vinhedos do Napa Valley: Beckstoffer To Kalon
Vineyard
, em Oakville; Hossfeld Coliseum Block, em Soda
Canion
; Turnbull Weitz Vineyard em Oakville; e Beckstoffer
Las Piedras
em Santa Helena.
A visita e os vinhos
Fomos recepcionados pela simpática Barbie.
A sala de degustação, recém inaugurada, já estava preparada. Segundo Barbie,
fomos os primeiros brasileiros a serem recebidos nela!
Idas e Vinhas
Tudo pronto para a nossa degustação
Idas e Vinhas
Barbie

Algum tempo depois Mark Carter se juntou a nós.
O entusiasmo com que ele fala de cada projeto e o orgulho de produzir vinhos de
alta gama são evidentes, e já havíamos percebido isso quando conversamos
brevemente na semana anterior, durante a New York Wine Experience. 
Idas e Vinhas
Ana & Alexandre at Carter Cellars Winery
Degustamos, além de vinhos da Carter, um rótulo
da Ancillary Cellars (um
projeto de Mark Carter e o enólogo Mike Smith) e dois da Envy (projeto
de Mark Carter e Nils Venge). 

100% Pinot Noir, sendo 75% clone Dijon 115 e
25% pommard. 14,5% de álcool.
Estagia por 10 meses nas próprias borras em
barris de carvalho de 1º uso.
Esta é a segunda safra lançada. Cor rubi, com aromas
intensos de frutas vermelhas, especiarias (pimenta do reino) e madeira. Corpo
médio, as especiarias se destacaram no aroma de boca. Bom equilíbrio (mesmo com
o alto teor alcoólico) e taninos finos. De caráter muito diferente do Pinot
Noir da Borgonha, obviamente, mas é um bom vinho.
Preço no site: USD 50 
Idas e Vinhas

80% Merlot e 20% Cabernet Sauvignon. 14,9% de
álcool.
Único blend da Carter, de cor púrpura e com
aromas muito intensos de frutas negras maduras e especiarias. De corpo médio,
taninos marcantes mas muito agradáveis conferidos pela Merlot.
Preço no site: USD 85 
14,8% de álcool.
Cor púrpura muito escura, com aromas muito
intensos de flores, tabaco, frutas negras, pimenta do reino e notas de tostado.
Mais encorpado que os anteriores, a pimenta e as frutas negras se sobressaem
nos aromas de boca. Taninos firmes e bom equilíbrio.
Preço no site: USD 125
14,8% de álcool.
Cor púrpura, com aromas de frutas vermelhas,
especiarias e notas minerais e terrosas. De corpo médio para encorpado, em boca
tem acidez bastante perceptível, mas ainda em equilíbrio com o álcool e os
taninos firmes. O aroma de boca é complexo, apimentado, com frutas negras,
notas florais e baunilha.
Preço no site: USD 150 
Idas e Vinhas

14,9% de álcool.
Cor púrpura profundo, as frutas negras aparecem
como aroma predominante e muita intensidade. Em seguida percebem-se flores, tabaco
e baunilha. Encorpado, com taninos finos e muito marcantes. Final adocicado.
Preço no site: USD 150 
Idas e Vinhas

15,1% de álcool.
Cor púrpura profundo, com aromas muito intensos
de frutas negras, flores, tabaco, baunilha, notas terrosas e vegetais.
Encorpado, com taninos marcantes e finos. Final adocicado.
Preço no site: USD 150
Após essa série impressionante, ainda
permanecemos um pouco na recepção tirando fotos e Barbie nos ofereceu taças do Sauvignon
Blanc
da Envy. Uma característica interessante desses vinhos é que
10% do lote passam 6 meses em madeira. De acordo com a Barbie, a intensão é
conferir mais equilíbrio e elegância ao vinho. Não resistimos!
Envy Sauvignon Blanc 2012 Napa Valley
Amarelo palha com reflexos dourados. Aromas
frescos de maracujá e damasco doce. Muito boa acidez e corpo leve.
Indisponível para venda. 
Idas e Vinhas

Amarelo palha com reflexos dourados. Aromas
mais vibrantes que a safra anterior. Maracujá e damasco, além de notas
vegetais. Corpo leve e com acidez bastante viva.
Preço no site: USD 24 (USD 20 para membros do wine
club
Idas e Vinhas
E para finalizar, Mark Carter nos levou para
uma visita às instalações da vinícola.
Idas e Vinhos

Idas e Vinhas
 A visita foi excelente, gostamos muito dos
vinhos. Mas dificilmente se encontra um Carter em lojas ou restaurantes. A
produção é praticamente toda vendida (e rapidamente) on line para
clientes cadastrados.
Idas e Vinhas
Alexandre e Mark Carter

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *