Aconteceu… Degustação Idas e Vinhas – Encantos da Pinot Noir

Idas e Vinhas

No dia 30 de Julho foi a vez da Pinot Noir
brilhar na degustação que apresentamos no restaurante Ráscal do Rio Sul. Foram
selecionados 6 rótulos representando os países que mais se destacam no desafio
de produzir Pinot Noir.

A degustação foi
conduzida às cegas, pois o desafio era identificar dentre os vinhos
apresentados aquele que seria o Borgonha, tido como padrão a ser seguido por quem
busca um vinho com toda as características típicas da Pinot Noir. Para
representar a lendária região, escolhemos o Premier Cru Chauvot-Labaume Mercurey Clos L’Evéque 2011.
Antes de iniciar o desafio, recebemos os convidados
com o espumante Abreu Garcia Rosé Brut e o vinho Château de la Mallevieille Rosé 2011.
Os rótulos que escolhemos para o desafio foram
selecionados entre dezenas que degustamos, de produtores conceituados e regiões
conhecidas pela qualidade dos Pinot Noir que produzem.
Idas e Vinhas

Degustamos o Greywacke
(Kevin Judd – Nova Zelândia) pela primeira vez em 2013, e ficamos muito
bem impressionados (leia o post aqui).
Os demais rótulos foram selecionados a partir da Maratona Pinot Noir que fizemos
recentemente (vejam aqui
o post).
A seleção foi bastante apreciada por todos, que se
divertiram discutindo as características de cada vinho e tentando descobrir o
Borgonha. E estavam atentos! A maioria acertou que o vinho no 04 era
o Premier Cru, que também ficou entre os preferidos. Frutado, elegante e
equilibrado foram as espressões empregadas para descrevê-lo.
O Pinot Noir da Alsácia (Domaine Barmès Buecher Réserve 2009) também
foi destaque, fechando a noite com muita elegância.
O Brasil também teve seu representante, e também
agradou. O Abreu Garcia Pinot Noir 2012, produzido na Serra Catarinense,
exibiu equilíbrio e elegância.
Continuando
o giro pelo mundo da Pinot Noir, apresentamos o potente Clos de Fous Subsollum
2012
(Chile) e o conceituado Chacra Barda 2010 (Patagônia Argentina).

Agradecemos a todos que estiveram conosco nessa ótima
noite, e ao amigo Gilvan que nos deu todo o apoio!
Esperamos vê-los em breve!
Idas e Vinhas
A ordem de
apresentação dos vinhos:

Clos des Fous
Subsollum 2012 (Chile – Aconcagua e Traiguén)
– Abreu Garcia 2012 (Brasil – Campo Belo do Sul, Santa Catarina)
Idas e Vinhas
– Greywacke 2011 (Nova
Zelândia – Marlborough)
Casa Flora
– Chauvot-Labaume Mercurey Premier
Cru Clos L’Evéque 2011 (França – Bourgogne)
Casa Flora
– Chacra Barda 2010 (Argentina –
Rio Negro, Patagônia)
– Domaine Barmès
Buecher Réserve 2009 (França – Alsácia)
Casa Flora
Idas e Vinhas

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *