Aconteceu… 12 de Setembro de 2013, degustação Idas e Vinhas “Desafiando Bordeaux”

Idas e Vinhas

Conduzimos ontem mais
uma agradável degustação em parceria com a Casa Flora.
O elemento surpresa
para os participantes foi que escolhemos degustar os vinhos às cegas. Era de
conhecimento de todos quais os rótulos foram escolhidos, mas ninguém sabia em
qual ordem seriam apresentados (nem mesmo a Ana Cristina!).

Idas e Vinhas
A
proposta foi a de vivenciar uma experiência lúdica, com foco nos sentidos necessários
para a degustação de vinhos (visão, olfato e paladar). Escolhemos 5 vinhos de
muita estrutura e complexidade, oriundos de notáveis regiões vinícolas de 5
países (Mendoza/Argentina, McLaren Vale/Austrália, Priorato/Espanha, Douro/Portugal
e Bordeaux/França). 
Idas e Vinhas
Ana Cristina Follador conduziu a degustação
Munidos
destas informações e avaliando as características sensoriais de cada vinho,a ideia
era a de tentar identificar o Bordeaux, pois historicamente esta região
francesa é considerada referência na arte de fazer vinhos. O clássico corte de
Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot, em alguns casos contando com uma
pequena parcela de Petit Verdot, Carmenére ou Malbec, é inspiração para muitos
enólogos.
Como
de costume, os participantes começaram a chegar às 18h30 e foram recebidos com o
espumante português Filipa Pato – Brut Rosé 3b
(Bairrada – Portugal). 
Idas e Vinhas

Pão,
queijos italiano e espanhol, embutidos do catalão Josep Llorens, e azeites Deleyda Novello (novidade Casa Flora) e o Italiano Asaro Paesano completaram as boas
vindas. 
Idas e Vinhas

Idas e Vinhas
Os
vinhos foram apresentados nessa ordem:
Duorum – Duorum Colheita 2010 (Douro – Portugal)
Mitolo – Jester Shiraz 2010
(McLaren Vale – Austrália)
Outra
surpresa da noite foram os deliciosos bolinhos de bacalhau Dias, que harmonizaram
muito bem com o vinho Duorum. 
Idas e Vinhas
Bolinhos de bacalhau Dias quentinhos e crocantes. Uma delícia!!!
Todos contribuíram com as suas percepções a respeito dos vinhos tornando o encontro mais dinâmico e agradável. Ainda às cegas, todos deram seus palpites sobre duas questões: qual era o Bordeaux e qual o melhor vinho da noite.
Idas e Vinhas

Ao
final, fizemos a revelação das garrafas e, para surpresa geral, a maioria
descobriu a identidade do Bordeaux, o 4º vinho servido: o Confidences de Prieuré-Lichine 2008. Porém a estrela da noite foi
unamidade: Mitolo Jester Shiraz 2010
Idas e Vinhas

Idas e Vinhas
Agradecemos
aos participantes pela ótima noite, e fiquem atentos à nossa programação!
Vejam
como foram as outras degustações na Casa Flora:

Faces da Pinot Noir – 20/07/2013

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *