Aconteceu… Decanter Wine Show 2013 – Rio de Janeiro – 20 de Agosto de 2013

Idas e Vinhas

Ontem foi dia do
evento da importadora Decanter no Rio de Janeiro. Trata-se da edição de 2013 do
sempre esperado Decanter Wine Show (veja aqui
como foi a do ano passado). O local escolhido foi o hotel Othon Palace
Copacabana. A estréia do circuito 2013 aconteceu em Brasília (19/08), depois Rio
de Janeiro (20/08), seguindo para São Paulo (21/08) e encerrando em Belo
Horizonte (22/08).

Ano passado estiveram presentes os produtores do Velho Mundo.
Em 2013 a temática é o Novo Mundo, com a presença de 26 produtores de 8 países: África do Sul, Argentina, Austrália, Brasil, Chile, Estados
Unidos, Nova Zelândia e Uruguai. O número de rótulos disponíveis para
degustação era de aproximadamente 200.
Idas e Vinhas
A organização foi perfeita, não houve fila, bastava se
identificar e logo em seguida você recebia a sua credencial, o caderno de
degustação e a sua taça Strauss. Havia água à vontade e 3 ilhas fartas de
comidinhas variadas entre queijos, pães, pastas, frios e frutas.
Idas e Vinhas

O fluxo de participantes não foi excessivo e caminhar pelo
salão e se aproximar dos stands dos produtores não era uma maratona. Outro
ponto importante é que não faltou vinho, principalmente os tops, e todos
estavam na temperatura adequada.
  
Destacamos a participação da neozelandesa Craggy Range com seus ótimos vinhos e a atenção de Chris Alton, Gerente de
Negócios para as Américas. 
Idas e Vinhas
Ana Cristina Follador (Idas e Vinhas) e Chris Alton (Craggy Range)
Uma vinícola que não conhecíamos e que apresentou excelentes
vinhos é a australiana Fox Creek Wines. Conversamos bastante
com o enólogo sênior da vinícola, Scott Zrna
Idas e Vinhas
Alexandre Follador (Idas e Vinhas) e Scott Zrna (Fox Creek Wines)
A Califórnia foi muito bem representada pela Peter Lehmann. Ótimos vinhos apresentados pelo vice-presidente para as
Américas, Matthew Lane
Idas e Vinhas
Matthew Lane (Peter Lehmann)
Já na América do Sul, também excelentes representantes. Nos
detivemos um pouco mais nos stands da Luigi Bosca (muito bem
representada pelo Gerente para a América Latina, Claudio Mendoza) e da Colomé,
onde conversamos com a Gerente de Mercado para a América Latina, Victoria
Mingo
Idas e Vinhas
Claudio Mendoza (Luigi Bosca)
Abaixo listamos os vinhos que mais gostamos:
África do Sul
Glen Carlou (Paarl)
– Gravel Quarry Cabernet Sauvignon 2008 – R$208,75 
Idas e Vinhas

Raka (Overberg)
– Pinotage 2010 R$96,45 
Idas e Vinhas


Argentina
– Torrontés 2012 – R$52,80
– Colomé Malbec
Estate (Malbec, Petit Verdot, Tannat, Cabernet Sauvignon e Syrah ) 2010 – R$103,40 (veja aqui
o post que fizemos sobre a vinícola)
– Colomé
Reserva 2008 (Malbec e Cabernet Sauvignon) – R$284,65 
Idas e Vinhas

– Gran Malbec 2010 – R$112,60
– Gran Corte 2010 (Malbec, Cabernet Sauvignon e Cabernet
Franc) – R$170,80 
Idas e Vinhas

Família Schoroeder (Patagonia)
– Saurus Select Merlot 2010 – 67,05 (veja aqui
o post que fizemos sobre a vinícola) 
Idas e Vinhas

Las Moras (San Juan)
– Mora Negra 2009 (Malbec e Bonarda) – R$137,50 
Idas e Vinhas

Luigi Bosca (Luján de Cuyo e Maipú)
– Malbec DOC Lujján de Cuyo 2010 – R$102,50
– Icono 2008 – R$472,30 
Idas e Vinhas

Viña Alicia (Luján de Cuyo)
– Brote Negro Malbec 2007 – R$246,85 
Idas e Vinhas


Austrália
Fox Creek (McLaren Valle)
– Short Row
Shiraz 2008 – R$170,80
– Shiraz
Reserve 2005 – R$370,40 
Idas e Vinhas

Kilikanoon
(Clare Valley)
– Riesling
Mort’s Block Watervale 2011 – R$126,20
– Covenant
Shiraz 2009 – R$206,50
– Oracle Shiraz 2008 – R$320,85 
Idas e Vinhas

Peter Lehmann (Barossa Valley)
– Art
Series Classic Riesling 2010 – R$106,25
– Eight
Songs Shiraz 2005 – R$311,20
– Mentor (Cabernet Sauvignon) 2006 – R$311,20
– Stonewell Barossa  Shiraz 2006 – 493,35 
Idas e Vinhas


Brasil
Quinta da Neve (São
Joaquim)
Chardonnay 2011 – R$41,50 
Idas e Vinhas

Vinícola Hermann (Serra Gaúcha e
Serra do Sudester)
Lírica Brut – R$53,15 
Idas e Vinhas


Chile
Viña Caliterra (Colchagua)
– Sauvignon Blanc Tributo 2011 – R$83,80
– Cenit 2007 (Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Petit
Verdot) – R$309,95 
Idas e Vinhas

Terranoble (Maule)
– CA1 Carménere Andes 2010 – R$111,35
– CA2 Carménere Costa 2011 – R$111,35 
Idas e Vinhas


Nova Zelândia
– Glasnevin
Gravels Riesling 2009 – R$145,50
– Pinot Noir Te Muna Road 2009 – R$221,40 (veja aqui
o post que fizemos sobre a vinícola)
– Le Sol
Syrah 2009 – R$430,00
– Sophia 2009
(Merlot, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Malbec) – R$305,50
Wild Rock (Hawke’s Bay e Central Otago)
– The
Infamous Goose Sauvignon Blanc 2012 – R$113,85

– Cupids
Arrow Pinot Noir 2008 – R$124,00
Idas e Vinhas
É oferecida aos participantes a possibilidade de reverter o valor do convite em compras acima de R$1.000,00 com a apresentação da credencial do evento. O desconto é válido por 30 dias após o evento (20 de Setembro de 2013 para o Rio de Janeiro) . No Rio de Janeiro a loja Espírito do Vinho representa a Decanter.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *