Notícias da enosfera: Pancho Campo deixa o Institute of Wine Masters

crédito da foto: www.decanter.com
Pancho Campo e Jay Miller
O escândalo envolvendo o degustador
Jay Miller (ex The Wine Advocate) e a The Wine Academy of Spain (TWAS) por meio de seu representante Pancho
Campo teve mais um desdobramento. (veja aqui post anterior sobre o
assunto).

De acordo com a matéria publicada no último
dia 03 de Maio pela The Drink Business, Pancho Campo anunciou sua saída do Institute
of Masters of Wine – IMW. Também em
03 de Maio, o IMW anunciou em sua página (veja aqui) que, em função do pedido
de demissão de Pancho Campo, a investigação interna para averiguar sua conduta,
iniciada em Dezembro de 2011, foi encerrada.
 
O escândalo estourou quando surgiram
denúncias de que Pancho Campo estaria cobrando de vinícolas espanholas quantias
de até 20.000 Euros para garantir uma visita de Jay Miller em nome da The Wine
Advocate.
Durante o desenrolar dos fatos, Jay
Miller foi afastado da The Wine Advocate e Robert Parker iniciou uma
investigação cujos resultados publicamos aqui no Idas e Vinhas…
A
investigação do IMW foi encerrada sem que fossem publicados seus resultados. Na
nossa opinião, além de não esclarecer os fatos, o encerramento das
investigações e as demissões de Campo e Miller só reforçam a ideia de que
realmente houve má conduta. Qual a opinião de vocês?
Fontes consultadas para esse post:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *